Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Sob chuva, Aerosmith faz show em São Paulo

Nem mesmo a chuva intimidou Steven Tyler e seus colegas, Joe Perry, Brad Whitford, Tom Hamilton e Joey Kramer em sua apresentação na noite deste domigo, 30, em São Paulo

Carol Addario Publicado em 30/10/2011, às 21h45 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Aerosmith se apresenta em São Paulo - Manuela Scarpa/Photo Rio News
Aerosmith se apresenta em São Paulo - Manuela Scarpa/Photo Rio News

Mesmo depois de quebrar a cara (literalmente) na última terça-feira em um banheiro de hotel no Paraguai, o showmanSteven Tyler (63) subiu com a cara e a coragem ao palco da Arena Anhembi acompanhado de seus parceiros do Aerosmith e encarou de frente a chuva intensa que caiu na noite deste domingo, 30, em São Paulo. Com aquela boa, embora um pouco previsível, apresentação recheada de hits do passado, o Aerosmith levantou o humor do público paulista que sofreu com o frio e o sereno durante a noite fria que fez cenário a seu show.

Ao estilo toxic twins (como eram chamados nos anos 70), Steven Tyler e Joe Perry (61) abriram os trabalhos da noite na passarela do palco um tanto pequeno para uma apresentação com tanta fibra, cantando juntos a música Draw The Line, clássico do início da carreira da banda. Dali para frente e até o fim do show, a sequência só podia ser matadora: Same Old Song and Dance, Mamma Kin, Janie’s Got a Gun e Living on The Edge marcaram o primeiro ato do Aerosmith ensopado – um aquecimento para a banda, que teve de fazer dois intervalos para se secar da chuva e para embalar o ritmo da apresentação de uma banda de 41 anos de estrada, mas com todo o gás.

Com o olho roxo que a maquiagem nem a chuva deixaram esconder, Tyler mostrou que depois de tantos anos, ainda tem todo o pique para encabeçar uma banda de rock. Com seu estilo excêntrico de ser, o vocalista e jurado do programa de televisão American Idol se mostrou mais uma vez um grande mestre de cerimônias e passou a maior parte do show exaltando o som tirado dos instrumentos de seus parceiros de banda. E não é para menos. Um dos destaques da apresentação foi a música Angel que, depois de 5 anos sem aparecer no repertório das turnês do Aerosmith, acabou sendo tocada para atender os pedidos do público.

Em um repeteco bem sucedido de sua última apresentação no Brasil há pouco mais de um ano, Aerosmith agradou os fãs cantando os maiores sucessos da carreira e brincou até com uma das suas maiores fontes de inspiração, o blues, para incrementar o caldo. Mas o que será que a banda reserva daqui para frente para satisfazer seus fãs? Porque, sim, muitas bandas vivem de grandes clássicos. Mas nós sempre esperamos um pouco mais de novidade.

Playlist:
Draw The Line
Same Old Song And Dance
Mamma Kin
Janie’s Got a Gun
Living On The Edge
Rag Doll
Amazing
What it Takes
Last Child
I Don’t Wanna Miss a Thing
Criyn’
Sweet Emotion
Dream On
Love In Elevator
Walk This Way
Angel
Train Kept A-Rollin'