Scheila: 'Giulia será minha melhor amiga'

quarta 5 maio, 2010
Scheila Carvalho
Scheila Carvalho Divulgação


Grávida de sete meses de Giulia, Scheila Carvalho não esconde a ansiedade pela chegada de sua pequena: ‘Quero ter a minha filha como minha melhor amiga’

Enquanto Giulia não chega, o programa preferido de Scheila Carvalho é ficar no quarto da pequena, fechar os olhos e deixar a imaginação levá-la para os momentos que tanto espera. "Fico horas e horas no quartinho dela, imaginando como será quando estiver por aqui. Se deixar, passo o dia lá sem perceber", confessou Scheila em conversa com o Portal CARAS. Quando se fala em ansiedade, ela é a primeira da fila. Grávida de sete meses de Giulia, da união com o cantor Toni Sales, a apresentadora do Bom D+, da TV Itapoan, afiliada da Record na Bahia, não consegue esconder o estado de êxtase. "A gravidez já é um momento mágico. Para mim, está sendo mais do que mágico. Estou vivendo um momento que eu esperava tanto, de uma forma boa e realizada", revelou. Há dois anos, Scheila e Toni perderam Brian, que morreu aos dois meses de vida após nascer prematuramente aos sete. "Ele é nosso anjinho", costuma dizer Scheila, que já está com tudo pronto para a chegada de sua pequena. "O enxoval, o quartinho e até a malinha para levar para a maternidade já estão prontos", contou ela. Confira, abaixo, a conversa de Scheila Carvalho com o Portal CARAS: - Você está grávida de sete meses. Como está a gravidez até agora? - A gravidez está ótima. Estou tocando minha vida normalmente. Minha médica me liberou para trabalhar até o final deste mês. Fiz a ultrassonagrafia em 4D (que permite visualizar o movimento do bebê) há alguns dias. Achei ela bem parecida com o Toni. - Como você define este momento da sua vida? - É um momento mágico. E eu esperava tanto viver isso de uma forma boa, já que há dois anos o nosso Brian virou um anjinho. Estou realizada e muito ansiosa para conhecer a Giulia, para tê-la nos meus braços. - Em algum momento, você fica insegura ou ansiosa? - Tenho os medos normais de uma mãe de primeira viagem. Mas, ao mesmo tempo, não vejo a hora de ver a Giulia no bercinho dela. - Como você tem lidado com as mudanças que estão acontecendo no seu corpo? - Estou muito tranquila. Engordei 10 quilos até agora. Mas procuro me cuidar, como sempre me cuidei. Faço questão de ter uma alimentação saudável, de três em três horas. Como retenho muito líquido, estou sempre fazendo drenagem nas pernas e nos braços. Na barriga, ninguém encosta. Não deixo de cuidar do corpo e de minha pequena Giulia também. - Você tem feito atividade física? Como malho há muito tempo e em um ritmo intenso, não deixei de fazer minha ginástica. O trabalho de condicionamento físico já faz parte da minha rotina, mas por causa da Giulia tive que diminuir a intensidade das atividades físicas. - E como foi a reformulação no guarda-roupa? - Fui mudando o guarda-roupa aos poucos. No começo, usava as roupas mais larguinhas, legging. Tentei aproveitar tudo que eu tinha. Depois de um tempo, tive que comprar roupas de grávida mesmo. Mas gosto de usar peças jovens. Normalmente, compro algumas peças e as transformo no meu estilo. Sou uma mamãe jovem. - Você sente enjoo ou algum tipo de mal-estar? Esta gravidez tem sido abençoada. Não senti nada. Nenhum tipo de mal-estar. Estou adorando não ter tido enjoo e tonturas. - E como estão os preparativos para a chegada da Giulia? - O enxoval, o quartinho e até a malinha para levar para a maternidade já estão prontos. Se ela resolver vir antes da hora, já está tudo arrumadinho. Ela já está mal acostumada, já tem um armário lotado de roupas e sapatos. - E como você tem controlado a ansiedade? - Meu programa preferido é ficar no quarto da Giulia, de olhos fechados, deixando a imaginação fluir. Fico horas e horas no quartinho dela, imaginando como será quando estiver por aqui. Se deixar e o marido não me chamar, passo o dia lá sem perceber. - O que a maternidade tem mudado em sua vida? - A responsabilidade. Ser mãe nos torna uma mulher mais responsável. A palavra mãe tem um peso enorme. Quando nos damos conta de que estamos colando alguém no mundo, começamos a pensar mais em tudo que fazemos. - De tudo que você aprendeu com a sua mãe, o que vai passar para a Giulia? - Tudo o que a minha mãe me ensinou em relação ao respeito com o ser humano, em relação à dignidade, com certeza, vou passar para a Giulia. Mas de uma forma diferente. Não tive muita conversa com a minha mãe. E exatamente por isso quero ter a minha filha como minha melhor amiga. Poder ter a Giulia como amiga será melhor coisa do mundo.
por por Thais Arbex

Atualizado quarta 5 maio, 2010 (144592)

Mais conteúdo sobre:

COMPRE E GANHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Ator sofreu pequeno acidente nos bastidores da novela Sérgio Guizé machuca o ombro em gravação 
  2. 2 Indignada, Flávia Pavanelli manda indireta nas redes sociais
  3. 3 Gretchen solta o verbo contra haters: ''Incomodo''
  4. 4 Manuella, a nova luz de Ticiane Pinheiro
  5. 5 Iza é coroada rainha de bateria da Imperatriz Leopoldinense
  6. 6 Robert Pattinson diz o que achava da saga Crepúsculo
  7. 7 Só de biquíni, ex-BBB Tatiele Polyana leva fãs à loucura
  8. 8 Graciele Lacerda revela que abriu mão da fortuna de Zezé
  9. 9 Fernanda Gentil compartilha clique com a família e encanta
  10. 10 5 produtos Cruelty Free que você precisa conhecer