Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Saudosista, Los Hermanos relembra hits em show extra em São Paulo

Com apresentação nostálgica e democrática, repleta de fãs fieis e clássicos de 15 anos de carreira, Los Hermanos revive o início da carreira e relembra canções de seus quatro discos de inéditas em show extra em São Paulo

Ana Carolina Addario Publicado em 01/06/2012, às 00h28 - Atualizado em 11/06/2012, às 10h36

Los Hermanos fazem show extra em São Paulo - Daniela Oliveira / Divulgação
Los Hermanos fazem show extra em São Paulo - Daniela Oliveira / Divulgação

Cinco anos depois de um recesso tranquilo e frutífero, com projetos paralelos propagando sua identidade musical e outras nuances artísticas, os cariocas do grupo Los Hermanos subiram ao palco com o Espaço das Américas lotado na noite desta quinta-feira, 31, em São Paulo, com a energia de seus 20 e poucos anos e o retorno caloroso de seu fiel público que passou horas esperando na fila à moda das grandes apresentações internacionais. Com Marcelo Camelo e Rodrigo Amarante à frente do quarteto e seu rico aparato instrumental, a capital paulista recebeu mais uma vez os clássicos da banda e vibrou com a interação dos músicos em seu retorno nesta noite de apresentação extra.

Abrindo o show com o hit Vencedor e no maior entrosamento, Los Hermanos passou por todo o repertório de seus quatro discos de inéditas sem negligenciar nenhum detalhe de cada trabalho. Com a sequência matadora de Retrato pra Iaiá, Todo Carnaval tem seu Fim, Além do que se vê e Morena, a banda fez a plateia pular e cantar muito durante todo o tempo, engrossando ainda mais o caldo do retorno dos roqueiros aos palcos paulistas.

Mas mais do que a vibrante reação de seu público diante do show, o destaque da apresentação ficou por conta da transmissão ao vivo do retorno da banda. Democráticos, os rapazes autorizaram a transmissão do show ao vivo em diversos cinemas espalhados pela cidade. Assim, que não conseguiu comprar os concorridos ingressos do show, puderam sentar tranquilamente em um cinema próximo de casa e ver o show do mesmo jeito. Ponto no quesito democratização musical.

Com repertório esperado, já que a apresentação se tratou de um revival da carreira, a grande surpresa do retorno dos Los Hermanos ficou por conta justamente do mergulho mais profundo no passado da banda. Para o espanto dos fãs mais xiitas, o grupo entrecortou o setlist com a popular Anna Julia, primeiro sucesso da banda responsável por uma grande repercussão sobre sua afinidade com o tal verdadeiro DNA de Los Hermanos.

O show contou ainda com a apresentação de Um Milhão, nova música de trabalho da banda que, de seus 15 anos de trajetória, passou cinco longe dos holofotes e está há sete sem lançar nenhum disco de inéditas. Ponto alto do show com a canção Último Romance, que emocionou a plateia e mostrou que, depois de tantos anos longe, a banda ainda tem hits a explorar.