Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Ronaldo terá professor de Will Smith

O ex-jogador Ronaldo fará aulas com preparador de Will Smith para atuar no longa ‘Open Road’, dirigido por Márcio Garcia

Redação Publicado em 06/05/2011, às 11h23 - Atualizado às 11h48

Ronaldo Nazário - Agnews
Ronaldo Nazário - Agnews
Não faz nem seis meses que o atacante Ronaldo Nazário parou de jogar futebol e sua vida já parece estar novamente agitada com outros trabalhos. Além da sua empresa de marketing esportivo, a 9ine, em parceria com seu amigo e empresário Marcos Buaiz e que já fechou contrato para agenciar a imagem do jovem talento do Santos, Neymar, o "Fenômeno" vai atacar de ator no filme Open Road, dirigido por Márcio Garcia. E para essa nova aventura, o ex-jogador contará com aulas de nada mais, nada menos, que o professor da estrela norte-americana Will Smith. A novidade foi anunciada pelo próprio Márcio através de seu perfil no Twitter. "Ronaldo terá aula com o 'coach' Aaron Speiser, o mesmo de Will Smith", escreveu. E ainda acrescentou que o ex-atacante do Corinthians ajuda na produção do longa e só fará uma pequena interpretação no filme. "Esclarecendo: ele não será o vilão em 'Open Road'. Ele é co-produtor do filme e fará uma participação especial!". Nessas últimas semanas, o pai de Ronald também atacou de comentarista da Rede Globo, durante os dois jogos das semifinais da Liga dos campeões entre Real Madrid e Barcelona, nas quais a equipe do argentino Lionel Messi saiu vitoriosa. O bacana é que o maior artilheiro da história de todos os Mundiais parece não apenas se preocupar com seus futuros trabalhos pós-carreira de jogador de futebol. Constantemente, ele debate sobre o que poderia ser feito para melhorar o cenário do futebol do país. Na manhã desta quinta-feira, 5, por exemplo, ele iniciou uma nova discussão, lendo e respondendo opiniões de seus fãs em seu microblog. E como tem muita influência na CBF, quem sabe não consiga organizar e trazer benefícios para o nosso futebol.