Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Rodrigo Sant'Anna perdoa o pai no palco do 'Domingão do Faustão

Rodrigo Sant'Anna, a Valeria do 'Zorra Total', participa do quadro 'Arquivo Confidencial' no 'Domingão de Faustão', se emociona com o depoimento do pai e o perdoa pelos anos em que passaram distantes devido ao alcoolismo

Redação Publicado em 08/04/2012, às 22h45 - Atualizado às 22h53

Rodrigo Sant'anna e Thalita Carauta - Reprodução/Site Domingão do Faustão
Rodrigo Sant'anna e Thalita Carauta - Reprodução/Site Domingão do Faustão

Esta Páscoa teve um gosto especial para Rodrigo Sant’Anna (31). O ator, que interpreta a Valéria no Zorra Total, participou do quadro Arquivo Confidencial, no Domingão do Faustão, junto com sua colega de trabalho, Thalita Carauta (28) – a intérprete de Janete no mesmo programa – e se emocionou com a retrospectiva de sua vida e depoimentos de amigos e familiares.

Porém, nenhuma declaração emocionou tanto o humorista quanto o de Francisco, seu pai. No vídeo, Sr. Francisco, que era dependente de álcool quando Rodrigo ainda era pequeno, falou como a bebida o separou do seu filho e pediu desculpas por seus erros. Emocionado, o ator comentou o assunto e perdoou o pai. “Talvez ele tivesse me dado poucos motivos para me orgulhar dele ao longo da vida, mas agora vou passar a respeitá-lo mais. Nunca falei sobre esse assunto porque era uma particularidade dele, mas chegar aqui e falar essa historia me faz olhá-lo de uma outra forma Depois desse depoimento, vou respeitá-lo ainda mais, me orgulho de você ser meu pai”, disse, emocionado.

Quando questionada sobre a cumplicidade da dupla, Thalita frisou a relação de amor e amizade que mantém com o colega de cena. “Na nossa profissão estamos suscetíveis e é muito importante estar em cena com alguém muito parceiro. O Rodrigo é meu amigo há dez anos, ele é meu irmão na vida e na profissão. Quando estamos em cena procuramos nos divertir e acho que as pessoas sentem um pouco dessa cumplicidade”.

“A gente tem uma base familiar muito forte, uma questão ligada a espiritualidade e Deus, e eu acho que isso é uma coisa na qual eu penso muito. Não só na nossa carreira, o verdadeiro sentindo é propagar o amor através daquilo que você esta fazendo. Procuro fazer isso sempre, principalmente na minha carreira”, finalizou Rodrigo.

O quadro de Valéria e Janete pode ser visto nas noites de sábados, no Zorra Total.