Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Roberto Carlos sobre carreira de técnico: ‘estou passando as ordens agora’

Em entrevista ao ‘Esporte Fantástico’, ex-jogador Roberto Carlos fala da nova profissão: treinador de futebol

Redação Publicado em 04/11/2011, às 15h27 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Roberto Carlos - Arquivo Caras
Roberto Carlos - Arquivo Caras

No Esporte Fantástico deste sábado, 5, o pentacampeão do mundo Roberto Carlos (38), que agora também ataca fora das quatro linhas como treinador do Anzhi, da Rússia, fala da transição de passar a atuar como técnico e não mais como jogador.

“Estou passando as ordens agora. Mas no contrato com o clube ainda estou como jogador!”, disse o ex-atleta em um trecho da entrevista.

Ainda no programa da Record, serão mostradas as histórias de vida de alguns dos heróis do Pan-Americano deste ano, realizado na cidade de Guadalajara, no México. O Esporte Fantástico vai ao ar às 9h45, logo após o Fala Brasil.

Roberto Carlos iniciou a carreira de jogador atuando pelo União São João, da cidade de Araras, interior de São Paulo, com apenas 16 anos de idade. Despertando a atenção por seu excelente futebol demosntrado na lateral-esquerda, foi vendido ao Palmeiras, onde ficou entre 1993 e 1995. Depois disso, conquistou o velho continente vestindo as camisas da Internazionale (Itália), do Real Madrid (Espanha) e do Fenerbahçe (Turquia).

Voltou a jogar no Brasil, quando acertou contrato com o Corinthians em 2010. Em 2011, fez acordo com o Anzhi, time no qual jogou e, atualmente, trabalha como técnico.

Pela Seleção Brasileira, fez 125 jogos e ajudou a equipe comandada por Luiz Felipe Scolari (62) a conquistar a Copa do Mundo de 2002, realizada na Coreia do Sul e no Japão.