Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Roberto Camasmie faz homenagem a jogadores da Seleção Brasileira

O artista plástico cria retratos mesclados com os cartoons de Leandro Spett e monta exposição na fachada de sua galeria

Redação Publicado em 09/06/2010, às 17h30 - Atualizado em 13/06/2010, às 19h12

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Na fachada da galeria em SP, o artista e o cartunista apresentam os retratos dos jogadores liderados por Dunga. - ELAINE VELOSO
Na fachada da galeria em SP, o artista e o cartunista apresentam os retratos dos jogadores liderados por Dunga. - ELAINE VELOSO
Ele já fez pinturas dos rostos de vários famosos em lenços de seda, leques e jogos americanos. Também criou abajures personalizados com os retratos de pessoas ilustres. Agora, para homenagear a Seleção Brasileira, o artista plástico Roberto Camasmie (57) se superou. Ele e o cartunista Leandro Spett (34) fizeram retratos dos jogadores escalados pelo técnico Dunga (46) em um mix de cartoon e pintura a óleo para a exposição Copa 2010, Nossas Feras em Campo com Arte. "O Leandro desenhou o rosto dos jogadores e eu pintei os olhos e, em alguns deles, a boca. Acredito que o olhar é a maior expressão da pessoa", ressalta Camasmie, que instalou 12 das imagens em uma das vitrines de sua galeria de arte no Jardim Paulista, em SP. "Montamos uma espécie de campo de futebol com os retratados em suas posições de jogadores. É claro que Dunga vem acima, pois ele é o líder do time e escalou estes 23 heróis", diz ele, referindo-se aos craques Julio Cesar (30), Júlio Baptista (28), Luís Fabiano (29), Lúcio (31), Juan (28), Luisão (29), Elano (27), Kaká (27), Daniel Alves (26), Nilmar (25) e Robinho (26). Além da cenografia de seis metros de altura, Camasmie pretende montar um telão para transmitir os jogos do Brasil. "A ideia é que as pessoas se divirtam com a arte e se sintam neste campo de futebol de botão, tendo as expressões dos jogadores como um álbum de figurinhas. É preciso levar humor e mostrar a arte em todos os momentos", diz Camasmie, fiel torcedor do Santos. "O meu primeiro retratado foi o Robinho, astro do meu time. Como comecei a homenagem antes da escalação do Dunga, também pintei o Neymar e outros talentos que ficaram de fora da Seleção. Na minha galeria eles têm espaço especial", dispara o artista plástico, confiante no êxito do Brasil na Copa.