Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Rita Guedes revive drama pessoal em ‘Flor do Caribe’

A atriz Rita Guedes vai interpretar em ‘Flor do Caribe’ uma mulher sofrida que perdeu o bebê ao dar à luz. Na vida real, ela também perdeu um filho – mas no início da gestação

Redação Publicado em 27/02/2013, às 09h16 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Rita Guedes será a sofrida Doralice em 'Flor do Caribe' - Foto Rio News/ Rede Globo
Rita Guedes será a sofrida Doralice em 'Flor do Caribe' - Foto Rio News/ Rede Globo

Em Flor do Caribe, Rita Guedes (41) vai dar vida a uma personagem bem diferente do perfil provocante que está acostumada a interpretar. “A Doralice é diferente de qualquer registro que o público tem do meu trabalho desde que eu estreei na TV. Para mim, fugir desse estereótipo é um presente e um grande desafio”, contou ela ao site oficial da nova novela das 6.

“Eu a vejo como uma mulher batalhadora, sofrida, extremamente simples e honesta. Consegui montar o perfil de uma pessoa que ganha a vida cozinhando e percebi que a profissão é uma entrega, um ato de amor. Estou buscando em mim sentimentos puros que não estão associados à beleza, a nada que encha os olhos. É um exercício muito bom”, explica Rita, que teve aulas de gastronomia para viver a doceira no novo folhetim.

“Com o curso, consegui criar esse amor pela cozinha. Ela é um ambiente que agrega as pessoas, é quase um quarto do pai e da mãe. Fiz uma mousse light de frutas vermelhas e outro de goiaba com queijo derretido. Meus pais amaram! Acho que levo jeito, mesmo sem saber”, garante a atriz, acrescentando, ainda, que vai reviver um drama pessoal com a personagem.

Por conta de complicações na hora do parto, Doralice perdeu seu bebê ao dar à luz e não pode mais ter filhos. Rita, que já passou por uma situação parecida, revela que perdeu uma gestação há 10 anos por problemas com medicação.

"Eu fico imaginando a Doralice, que teve a gestação completa e na hora do parto perdeu o filho. Para ela isso é muito marcante, é uma ferida aberta dela até hoje", revela.