Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Rihanna diz que não vai parar de se encontrar com Chris Brown

Apesar das criticas por ter voltado a encontrar Chris Brown, que a agrediu em 2009, Rihanna declarou que não vai deixar de vê-lo quando tiver vontade

Redação Publicado em 06/04/2012, às 14h40 - Atualizado em 27/05/2012, às 18h18

Rihanna e Chris Brown, em 2008 - Getty Images
Rihanna e Chris Brown, em 2008 - Getty Images

A cantora de Barbados Rihanna (24), que foi agredida por Chris Brown (22) em fevereiro de 2009, - recebeu muitas críticas por ter voltado a se encontrar com o ex-namorado, porém, diz que não vai deixar de vê-lo devido aos palpites de outras pessoas.

“Eu respeito o que os outros têm a dizer. Mas todo mundo pensa diferente. É muito difícil para aceitar isso, mas eu entendo o pensamento dos outros”, disse ela à revista internacional Elle. “As pessoas acabam perdendo seu tempo com esse tipo de coisa, vendo tudo a distância. Mas não os odeio por isso. Sei que amanhã eu ainda vou ser a mesma pessoa e ainda vou fazer o que eu quero fazer”, acrescentou.

Ela também aproveitou para dizer, que apesar de ficar pressionada, ela se sente muito livre para fazer o que quer. “Sabem mais sobre mim do que eu quero que saibam. É constrangedor, mas mesmo assim tenho bastante liberdade”, afirmou.

Além de ter voltado a se comunicar com Chris, Rihanna ainda gravou a canção Birthday Cake ao lado do ex, sem esperar que seus fãs compreendam sua decisão. Anteriormente, ela explicou parceira com Brown.

“Resolvi convidar o Chris porque ele era a única pessoa que traria sentido a essas músicas. Pensei em vários cantores com quem eu já realizei duetos. Mas o melhor é o Chris Brown, por isso o queria no disco”, disse.