Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Gianecchini: exames também nos EUA

O ator Reynaldo Gianecchini, que foi diagnosticado com um tipo de câncer chamado linfoma não-Hodgkin, terá exames feitos no Brasil e também nos Estados Unidos, para certificação da doença

Redação Publicado em 12/08/2011, às 19h13 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Reynaldo Gianecchini luta contra um câncer chamado linfoma não-Hodgkin - Francisco Cepeda/AgNews
Reynaldo Gianecchini luta contra um câncer chamado linfoma não-Hodgkin - Francisco Cepeda/AgNews

O doutor David Uip, integrante da equipe médica que trata Reynaldo Gianecchini (38), falou à CARAS Online no início da noite desta sexta-feira, 12, que os exames que definirão o tipo de câncer diagnosticado no ator estão sendo realizados no Brasil e nos Estados Unidos. O médico explicou que essa decisão é de praxe."É uma decisão do laboratório. Quando tem um caso de grande repercussão, mandam para fora para ouvir uma segunda opinião e discutí-lo".

Gianecchini foi diagnosticado com um linfoma não-Hodgkin, tumor que ataca os gânglios linfáticos. Como existem mais de trinta doenças deste tipo, os exames são necessários para descobrir o "sobrenome do linfoma" e definir o tratamento que o ator irá receber."Para começar a quimioterapia é preciso ter o sobrenome e a cura da infecção da garganta”. Giane está tomando antibióticos para tratar uma infecção de garganta, motivo inicial de sua internação.

Segundo o infectologista, as chances de cura também só poderão ser estimada após a descoberta do "sobrenome" da doença, mas ele afirma que a incidêcia desse tipo de câncer em pessoas com a idade do ator está crescendo. "Está cada mais mais frequente na idade dele, nós ainda não sabemos porque, mas está". O médico também disse que o ator está bem e se exercitando. "Ele está caminhando na esteira. Quanto mais se mexer, melhor".

O especialista também adiantou que a equipe médica não terá novidades este final de semana. "O laboratório dos Estados Unidos pediu para segurar as informações", disse.

O pai do ator, o professor de química Reynaldo Cisoto Gianecchini, também luta contra o câncer. Ele desenvolveu a doença no pâncreas e no fígado, mas, de acordo com o médico, é apenas uma coincidência.