Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Rei Pelé autografa novo livro em São Paulo

Com Elano, Pelé confessa que procura um amor no lançamento de seu novo livro em São Paulo

Redação Publicado em 14/11/2011, às 18h50 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Pelé e Elano. - Vagner Campos
Pelé e Elano. - Vagner Campos

Maior nome do futebol brasileiro, Edson Arantes do Nascimento (71), o Pelé, fez em livraria paulistana noite de autógrafos do livro Primeiro Tempo - O Início da Trajetória de Pelé com Imagens e Depoimentos Inéditos, que inclui trechos do livro Eu Sou Pelé, lançado em 1961 por Benedito Ruy Barbosa (80), autor de novelas como Rei do Gado, e mais de 200 fotos inéditas, além de depoimentos de nomes do futebol. Entre os vips, o jogador do Santos Elano (30), o ex-colega de campo Carlos Alberto Torres (67) e o casal Fabiana Scaranzi (45) e Álvaro Etchenique (52). “É uma honra ser amigo de meu ídolo de infância”, festeja Elano. “Todos sabem que eu não gostava de ser chamado de Pelé. Mas hoje só agradeço. É um nome reconhecido no mundo inteiro, graças a Deus”, emenda o rei, que na mesma semana comoveu o apresentador Cesar Filho (51) ao lhe dar camisa do Santos autografada.

Pelé confessou ainda que sente falta de um amor. “Estou separado da Assiria desde 2010. Hoje, sou um homem de coração aberto, esperando uma oportunidade”, fala ele, referindo-se à ex com quem tem os gêmeos Joshua e Celeste (15). “Família é a base de tudo. Quem não quer uma companheira que lhe dê tranquilidade e respeito?”, conclui Pelé, pai ainda de outros cinco filhos.