Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Cozinha: Curry

Para fazer o penne, que deve ser servido com champanhe

Redação Publicado em 05/07/2010, às 15h57 - Atualizado às 15h57

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cozinha: Curry - ANDRÉ CTENAS
Cozinha: Curry - ANDRÉ CTENAS
Em hindi, kari é o nome de ensopados e molhos indianos bem temperados com especiarias. Kari-pattha ou folha de caril, por outro lado, é o nome de um dos ingredientes do kari. Já o pó de caril, ou curry, parece ter sido invenção dos colonizadores ingleses, que encontraram uma forma de reproduzir o sabor, mas deixando-o menos picante. O curry pode ter muitas fórmulas com diferentes especiarias e proporções: com mais, menos ou sem cominho, pimentas variadas, gengibre, canela, grãos de coentro, cúrcuma, feno grego, erva-doce. Em comum, todos chegam à cor amarelada, graças à presença da cúrcuma. Na Índia, os ingredientes podem variar de acordo com as preferências familiares. Cada casa tem sua receita, que a mãe repassa à filha. O tempero pode ser usado em sopas e cozidos de carne ou legumes. Combina com cubos de frango, quiabo, abobrinha, berinjela e batatas. SaúdeÉ bom para Dar sabor aos alimentos e estimular a produção do suco gástrico, que facilita a digestão; e ser usado como fonte de proteínas e minerais como cálcio, ferro, magnésio e potássio. É ruim para Pessoas com doença celíaca ou intolerância a alguma especiaria, pois agumas misturas prontas podem ter ingredientes não declarados, como farinha de trigo, para pesar mais. Ficha técnica 100 g de pó de curry contêm: Calorias - 294 Proteínas - 9,83 g Carboidr. - 51,8 g Gordura - 13,1 g Fibras - 21,8 g Vit. B1 - 0,275 mg Vit. B2 - 0,258 mg Niacina - 2,1 mg Cálcio - 627 mg Cobre - 0,762 mg Ferro - 31,1 mg Magnésio - 208 mg Fósforo - 215 mg Potássio - 1106 mg Sódio - 93,6 mg Zinco - 3,14 mg Como se escolhe Pode ser encontrado nos supermercados ou em lojas especializadas em temperos. Como não é um produto muito caro, compre pelo menos duas marcas e faça degustação, já que a proporção de cada uma das especiarias costuma ser diferente. Assim, terá a chance de escolher a mais agradável ao paladar. Apesar de não saber a composição, dá para checar no rótulo as especiarias utilizadas, lembrando que sempre deve aparecer em primeiro lugar o ingrediente usado em maior quantidade. Verifique dados como produtor, data de validade e condições da embalagem, que precisa estar intacta. Ao abrir, certifique-se de que a mistura está seca e solta. Minha ReceitaPenne alle cape sante Ingredientes (para 4 porções): 4 col. (sopa) de cebola descascada e picada, 11 col. (sopa) de azeite de oliva extravirgem, 1 tomate sem pele e sem sementes picado, 250 g de camarões limpos, 4 col. (sopa) de vinho branco seco, 1 col. (chá) de curry em pó, 2 col. (chá) de sal, 1/2 xíc. de creme de leite pasteurizado, 300 g de vieiras limpas, 2 col. (sopa) de brandy ou de cognac, 1 pitada de pimenta do reino de preferência moída no momento de usar, 350 g de penne Petybon, cebolinha-francesa. Modo de preparo: Numa frigideira, refogue a cebola em 8 col. (sopa) de azeite de oliva. Acrescente o tomate, os camarões e o vinho branco. Cozinhe por cerca de 10 min, ou até o vinho evaporar. Misture o curry, 1 col. (chá) de sal e o creme de leite. Cozinhe por cerca de 1 min. Retire do fogo e reserve. Noutra frigideira, aqueça o azeite restante e doure as vieiras. Incorpore a bebida e incline cuidadosamente a frigideira em direção à chama do fogão para pegar fogo. Deixe flambar. Retire do fogo, polvilhe a pimenta-do-reino e reserve. Cozinhe o penne em 2 e 1/2 litros de água fervente com a sobra de sal até ficar al dente. Escorra bem a água. Sirva o penne com o molho de curry e vieiras douradas. Cebolinha francesa decora. Drink do DerivanCelebrity. Este coquetel foi criado para a festa do filme No Tempo das Diligências,indicado ao Oscar em 1940. O elenco era formado por John Wayne, Claire Trevor e John Carradine, que se misturava aos anfitriões Charles Chaplin, Douglas Fairbanks e Mary Pickford. A bebida surgiu num momento áureo, o fim da Lei Seca. Ingredientes: 40 ml de vodka, 20 ml de licor curaçau blue, 20 ml de suco de abacaxi e 80 ml de champagne brut. Modo de preparo: Coloque a vodka, o licor e o suco numa coqueteleira. Bata. Ponha gelo numa taça de champagne da Royal Collection. Junte o coquetel e complete com o champagne brut bem gelado. Abacaxi e cereja decoram.