Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Rainha Fabiola, da Bélgica, saúda Dia da Independência

A nobre viúva ignora as ameaças de morte e acompanha a parada militar com sua realeza

Redação Publicado em 26/07/2010, às 23h18 - Atualizado em 30/07/2010, às 13h48

A rainha Fabiola, da Bélgica. - Reuters
A rainha Fabiola, da Bélgica. - Reuters
Sorridente e elegantemente vestida com casaco branco, camisa vermelha e joias discretas, a rainha Fabiola (82), da Bélgica, ignorou, mais uma vez, as ameaças de morte que tem recebido desde o ano passado e compareceu à parada militar anual que celebra o Dia Nacional da Independência do país. O feriado nacional faz o povo belga lembrar de quando se libertou do jugo holandês e empossou o primeiro rei, Leopoldo de Saxe-Coburgo (1790-1865), Leopoldo I, coroado para apoiar a Constituição elaborada pelo Congresso, no dia 21 de julho de 1830. Nesse ano, a rainha, viúva do rei Baudouin I (1930-1993), irmão do atual soberano do país, o rei Albert II (76), recebeu cartão postal com foto de um caixão informando que ela seria morta no dia das festividades. A segurança particular da nobre foi reforçada. Trata-se da terceira ameaça recebida por ela em dois anos. No ano passado, para ironizar o suposto assassino que disse que a mataria com um flecha, ela segurou uma maçã verde na frente dos fotógrafos, fazendo alusão ao atirador Guilherme Tell, herói arqueiro do século XIV. Nesse ano, foi aconselhada pelo Serviço Secreto e pela polícia a não fazer brincadeiras deste tipo em público. Em palanque montado na frente do Palácio Real de Bruxelas, a realeza belga se reuniu para assistir ao desfile de soldados e 83 veículos militares de 27 países da União Europeia, da qual a Bélgica faz parte. Estiveram presentes ainda Albert II, rei da Bélgica, com a mulher, a rainha Paola (72), e os três filhos: os príncipes Philippe (50), com sua chique Mathilde (37), Laurent (47), com a bela Claire (36), e Astrid (48), uniformizada, com o seu marido, Lorenz (55), e o filho, o príncipe Amedeo (24).