arquivo SPFW

Rodrigo Rosner traz coleção inspirada em si próprio

O estilista Rodrigo Rosner levou para a passarela uma coleção chamada ‘Se Eu Fosse Maria Carolina’, com muito brilho, bordado e transparência

Publicado quarta 31 outubro, 2012

O estilista Rodrigo Rosner levou para a passarela uma coleção chamada ‘Se Eu Fosse Maria Carolina’, com muito brilho, bordado e transparência
Rodrigo Rosner mostra sua coleção no SPFW - Francisco Capeda/ AgNews

Rodrigo Rosner apresentou uma coleção de nome curioso no São Paulo Fashion Week nesta quarta-feira, 31. Intitulada como Se Eu Fosse Maria Carolina, a grife veio com looks imponentes, cheios de brilhos e bordados.

“O nome da coleção é ‘Se Eu Fosse Maria Carolina’, que é o nome que eu teria recebido se eu tivesse nascido mulher. É uma coleção que tem muito do meu universo, dos bordados, dos brilhos. Uma cartela de cores pequena, mas sofisticada, com metalizados, cobres, dourados, beges, preto. Acho que a coleção tem um frescor e uma jovialidade que brinca com esse universo masculino e feminino. Fiquei bem feliz com o resultado”, disse Rosner à CARAS Online.

As peças da temporada outono/ inverno da grife foram marcadas por transparência, tecidos pesados e muitas aplicações metalizadas. O metal veio, inclusive, nos pés, nas pontas das botas curtinhas.

Algumas modelos ainda desfilaram looks com a silhueta peplum, tendência forte que promete permanecer no inverno. “É uma coisa que já venho usando há um tempo. Acho que combina com a silhueta da mulher brasileira, que tem mais quadril, e ele afina a cintura. Acho que é uma fórmula que funciona bem.”

Último acesso: 09 Jul 2020 - 21:22:56 (217962).