Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Phelps deixa piscinas como o maior campeão olímpico

Em Londres, Usain Bolt conquista o segundo título dos 100m rasos

Redação Publicado em 07/08/2012, às 18h22 - Atualizado em 08/08/2012, às 03h12

- - Brian Snyder/Reuters
- - Brian Snyder/Reuters

O norte-americano Michael Phelps (27) continua assombrando o mundo com seus feitos. Em sua quarta e última Olimpíada, o nadador chegou à marca de 22 medalhas — sendo 18 de ouro, quatro delas conquistas em Londres, duas de prata e duas de bronze —, superando o recorde estabelecido em 1964 pela ex-ginasta ucraniana Larissa Latynina (77), que tem 18 em três edições dos Jogos. “É louco pensar que ontem foi a última vez que nadei. Fiz tudo o que desejei na minha carreira”, disse ele ao receber da Federação Internacional de Natação o troféu de maior atleta de todos os tempos, após ter vencido o revezamento 4x100 medley com seus companheiros. “No Rio, só vou mergulhar na praia”, emendou ele, citando os Jogos de 2016. Enquanto isso, Usain Bolt (25), outro mito do esporte, levou à loucura os 80000 torcedores que lotaram o Estádio Olímpico para vê-lo atropelar seus rivais e vencer os 100m rasos em 9s64, novo recorde da competição. “Não estava preocupado com o tempo, queria vencer a prova”, afirmou.