Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

PAULO COELHO: ALEGRE DEVOTO

NA ESPANHA, COM CHRISTINA OITICICA, HOMENAGEM A SÃO JOSÉ

Redação Publicado em 11/04/2007, às 10h03

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Muita música, dança, rituais místicos, orações e felicidade marcam a tradicional festa anual â¬" desta vez em Puente la Reina â¬" organizada pelo escritor para celebrar seu santo de devoção
Muita música, dança, rituais místicos, orações e felicidade marcam a tradicional festa anual â¬" desta vez em Puente la Reina â¬" organizada pelo escritor para celebrar seu santo de devoção
Fervoroso devoto de São José, o escritor Paulo Coelho (59) mantém a tradição anual de reunir amigos para festejar o santo e sua trajetória. Neste ano, o cenário da festa foi o hotel Relais & Châteaux El Peregrino, em Puente la Reina, na Espanha, onde Paulo e sua mulher, a artista plástica Christina Oiticica (54), receberam 60 convidados de diversas partes do mundo. "Estamos comemorando os 20 anos da publicação de O Diário de Um Mago e escolhemos Puente la Reina, onde todos os caminhos para Santiago se unem", explica o autor, referindo-se à sua peregrinação pelos setecentos quilômetros que separam o sul da França de Santiago de Compostela, na Galícia. Para comemorar a data, Paulo convidou ainda dez leitores - através de seu blog - a juntarem-se a ele na festa espanhola. "Nasci na casa de Saúde São José, no Rio. Como foi um parto bastante complicado, minha mãe me consagrou ao santo, pedindo que me ajudasse a viver. José passou a ser uma referência na minha vida e desde 1987, ano seguinte à minha peregrinação a Santiago de Compostela, dou uma festa em sua homenagem (...). Convido amigos, pessoas trabalhadoras e honestas, e antes do jantar rezamos por todos aqueles que procuram manter a dignidade no que fazem. Nós oramos também pelos que se encontram desempregados, sem perspectivas", escreve Paulo Coelho no texto O Homem Que Seguia Seus Sonhos. Durante o evento, que contou com a presença do ex-jogador de futebol Raí (41), Paulo fez uma oração em quatro idiomas - espanhol, português, francês e inglês - e louvou a história de José. "Ele falou pelas mãos, na carpintaria; pelos braços, segurando o menino Jesus; pelos pés, caminhando para o exílio no Egito; pelo amor, estando junto de Maria. E pelo cuidado, garantindo o sustento da Sagrada Família", diz o escritor, que recentemente assinou o prefácio do livro São José, a Personificação do Pai, de Leonardo Boff (68). "Fico feliz de pensar que a mesa onde Cristo consagrou o pão e o vinho teria sido feita por José, porque ali estava a mão de um carpinteiro anônimo, que ganhava a vida com o suor do rosto e, justamente por causa disso, permitia que os milagres se manifestassem", escreve o mago. Em seguida, os convidados seguiram para o restaurante, onde foi servida a tradicional paella espanhola. Após o jantar foi realizado o místico ritual de preparação da Queimada, bebida alcóolica de origem celta feita à base de destilado de frutas. Apontado como "druida", o hospitaleiro Jesus Jato - figura emblemática que há mais de 30 anos recebe em sua casa peregrinos do Caminho de Santiago - preparou a bebida, cuja função é afastar maus espíritos. Embalados pelo calor do ritual, os convidados cantaram e dançaram até a madrugada. Depois da festa na Espanha, Paulo deu continuidade à sua atribulada agenda. Após passar pela Dinamarca, onde recebeu um prêmio pelo conjunto de sua obra, ele seguiu para Dubai - nos Emirados Árabes -, e em seguida embarcará para a França e Inglaterra, onde promoverá seu último livro, A Bruxa de Portobello. No Brasil, o autor só poderá ser visto mesmo na televisão: ele fará uma participação especial - como o mago Simon - no primeiro capítulo da novela Eterna Magia, prevista para substituir Pé na Jaca em maio. FOTOS:ALVARO TEIXEIRA

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!