Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

OS DIAS ENSOLARADOS DE ISABEL FILLARDIS

AO LADO DO MARIDO, JÚLIO , E DOS FILHOS, JAMAL E ANALUZ, ELA SE DIVERTE NO CEARÁ

Redação Publicado em 16/05/2008, às 17h05

Júlio e Isabel com Jamal e Analuz diante do Pórtico de Entrada do Beach Park. - Margareth Abussamra/Abussamra Photos
Júlio e Isabel com Jamal e Analuz diante do Pórtico de Entrada do Beach Park. - Margareth Abussamra/Abussamra Photos
por Márcia Gimenez Para seu Dia das Mães, Isabel Fillardis (34) programou uma reunião simples, em casa. "Nada de sair para a rua, fica tudo muito cheio", explica. O que importa, segundo a atriz, "é estarmos todos juntos". Todos, no caso, inclui o marido, Júlio César Chagas Santos (42), os filhos, Analuz (7) e Jamal (4), e quem mais vier da família. "Fui criada assim, com a família sempre perto, acho estranho quando não nos reunimos, para um almoço, um churrasco ou mesmo só para papear", conta. Aproveitando seus últimos dias de férias antes de mergulhar nas gravações da novela teen global Malhação - na qual interpreta Rita de Cássia -, Isabel rumou com o marido e os filhos para o Ceará, onde visitou o Beach Park, em Aquiraz, a 16 km de Fortaleza. Ali, se divertiu ao observar a alegria de seus pequenos nas várias atrações do complexo aquático. Analuz, sempre alto-astral, contou com a companhia dos pais nas brincadeiras. E Jamal, que é portador da Síndrome de West - doença que compromete o desenvolvimento intelectual - se encantou com a amplidão do parque, as cores e, claro, a água em profusão. "Adoramos o Beach, e o parque fez muito bem ao Jamal", garante. - Viajar em família é um programa comum para vocês? - Procuramos fazer tudo juntos, mas nossas agendas nem sempre coincidem. Fica difícil conseguirmos sair os quatro para desfrutar de dias maravilhosos como esses. - Ao escolher um destino de férias, o que levam em conta? - O conforto e a estrutura para as crianças. Pensamos sempre nelas em primeiro lugar. Se elas estão bem, nos divertimos também. - Por sua condição, Jamal pede maiores cuidados. O que fazem para Analuz não sentir ciúme? - Procuramos fazer alguns programas só com ela. Passeios ao shopping, cinema, parques. No começo, Analuz tinha muito ciúme, mas com o tempo conseguimos fazê-la entender. Hoje em dia o Jamal brinca com ela, interage, então está tudo mais tranqüilo. - Que mudanças ser mãe traz? - Em primeiro lugar, e o mais óbvio, muda a rotina. Sempre fui muito preguiçosa, e com as crianças me obrigo a acordar cedo, corro para acompanhá-las. E, mais do que isso, acredito que os filhos vêm para nos melhorar. Eles nos ensinam o real sentido do amor, da doação. Com eles aprendemos a repartir, a definir prioridades.