Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Mel Gibson e Oksana: problemas amorosos

Depois de cerca de um ano de relacionamento com a cantora russa Oksana Grigorieva, o astro de Hollywood Mel Gibson resolve entrar novamente para o time dos solteiros

Redação Publicado em 29/06/2010, às 16h48 - Atualizado em 30/06/2010, às 15h59

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Mel Gibson e Oksana Grigorieva - Getty Images
Mel Gibson e Oksana Grigorieva - Getty Images
O fim do namoro do astro de Hollywood Mel Gibson e da cantora russa Oksana Grigorieva está dando o que falar. Um ano de relacionamento gerou a pequena Anne Lucia e uma crise conjugal sem tamanho. A princípio, eles alegaram que o fim da relação se deu por conta das agendas lotadas e da distância, pois enquanto Mel participava das gravações de seu novo filme, How I Spent My Summer Vacation, no México, Oksana cuidava de sua carreira profissional. Mas a oficialização do fim do relacionamento aconteceu em abril e não foi necessariamente um alívio. Pelo contrário! Desde então o casal vem se envolvendo em escândalos: primeiro, Mel entrou na Justiça com um pedido de medida cautelar contra a ex-mulher, o que quer dizer que ela precisaria se manter distante dele, tendo que permanecer a cerca de 90m de distância do ex. Depois, foi a vez dela entrar com o mesmo pedido contra Mel e acusá-lo de violência doméstica. Oksana também declarou ao jornal Daily Mail que o ator não a está ajudando financeiramente com as despesas da filha e ela estaria contando com a ajuda de amigos. O romance inicialmente extraconjugal de Mel e Oksana ocasionou o fim do primeiro casamento do ator, com Robyn Moore, que contabilizava 30 anos e sete filhos. Pouco tempo depois, ele se separou de Robyn e acabou assinando os papéis de um dos divórcios mais caros da história. Na sequência, assumiu seu relacionamento com Oksana, com quem teve a oitava herdeira. Mas a nova história de amor não deu certo! Aliás, está dando cada vez mais errado.