Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

O poder das musas do samba

Charme para lançar CD e homenagem a Boni

Redação Publicado em 16/12/2009, às 10h28

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
As rainhas de bateria Adriane Galisteu, Valesca Popozuda, Renata Santos, Viviane Araújo, Juliana Portela, Bruna Bruno, Raíssa, Gracyanne Barbosa e Luiza Brunet na festa da apresentação do CD dos sambas-enredo para 2010 das escolas cariocas. - IVAN FARIA
As rainhas de bateria Adriane Galisteu, Valesca Popozuda, Renata Santos, Viviane Araújo, Juliana Portela, Bruna Bruno, Raíssa, Gracyanne Barbosa e Luiza Brunet na festa da apresentação do CD dos sambas-enredo para 2010 das escolas cariocas. - IVAN FARIA
Corpos sarados em roupas sensuais, as rainhas de bateria das escolas do Rio mostraram que já estão preparadas para o desfile na festa de lançamento do CD dos sambas-enredo do Grupo Especial de 2010, na Cidade do Samba. Veterana de desfiles com 26 carnavais, sendo 13 na Imperatriz Leopoldinense, Luiza Brunet (47) contou que este ano trocará o maiô pelo biquíni para defender na Sapucaí o tema Brasil de Todos os Deuses. "Mostrarei barriga, bumbum... Ainda estou me garantindo", disse com convicção a ex-modelo. Veterana da avenida como Luiza, a apresentadora Adriane Galisteu (36), da Unidos da Tijuca, que mostrará o enredo É Segredo!, enalteceu as outras musas presentes. "São todas lindas e dedicadas. Elas dão um show", disse ao lado de Bruna Bruno (26), da União da Ilha, Valesca Popozuda (31), da Porto da Pedra, Renata Santos (28), da Mangueira, Gracyanne Barbosa (25), da Vila Isabel, Raíssa (18), da Beija-Flor, Juliana Portela (25), da Portela, e Viviane Araújo (33), do Salgueiro, campeã deste ano. "Os meninos da bateria vão desfilar como Ali Babá e os 40 ladrões. Então já dá para imaginar como venho... Mas não é de burca, não", brincou a rainha da vermelho e branco, cujo enredo é Histórias Sem Fim. Durante a festa, realizada em 2 de dezembro, Dia do Samba, Jorge Castanheira (46), presidente da Liga Independente das Escolas de Samba do RJ, e o diretor social Jorge Perlingeiro (48), fizeram uma homenagem a José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni (74), por sua participação durante os 25 anos da Liga. "Sou testemunha da história do carnaval e posso dizer que existe o antes e o depois da Liga", afirmou ele. "Vim aqui apenas para conhecer os sambas e fui pego de surpresa com essa homenagem. Não esperava", completou Boni, emocionado.