Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

NOS ESTADOS UNIDOS, TRIUNFO VERDE-E-AMARELO COM RICO

ÚNICO BRASILEIRO A DISPUTAR O 3º CAMPEONATO MUNDIAL DE PÓLO, ELE VENCE EM MIAMI BEACH

Redação Publicado em 25/04/2007, às 17h30

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Rico Mansur se prepara para a partida
Rico Mansur se prepara para a partida
por Valença Sotero Teve festa brasileira na final do Campeonato Mundial de Pólo 2007, de 12 a 15 de abril, em Miami Beach. Convidado pela FedEx Express para representar o Brasil na prova, Rico Mansur (32) levou seu time - o FedEx - ao pódio e, com o 3º lugar, ergueu a taça assinada pelo artista plástico pernambucano radicado em Miami Romero Britto (42). Em 1º lugar ficou a equipe Audi: os americanos Kris Kampsen (25) e Marc Ganzi e o argentino Martin Pepa; em 2º, a Kreon/Sankey Construction. "Além de representar meu país e estar entre os vencedores, levo para casa uma obra de arte. Sou fã do Romero", disse Rico, entre os colegas de equipe, o mexicano Guillermo Steta Mondragon e os suíços Reto Gaudenzi (55) e Piero Dillier, que se revezaram na camisa 1. Único brasileiro no torneio, Mansur foi uma das estrelas desta 3ª edição. O evento, famoso por levar o esporte às areias da praia, teve seis equipes, o dobro de dois anos atrás, e patrocínio da FedEx. "Nos identificamos com as características do esporte: tradição, prestígio, precisão, estratégia e trabalho em equipe", explicou Guilherme Gatti, diretor gerente de marketing e comunicações corporativas para a América Latina e Caribe da maior empresa de transporte expresso do mundo, ao lado do presidente da divisão, Juan Cento. Recém-separado da modelo e atriz Letícia Birkheuer (28), Rico contou com a torcida do amigo Mario Bernardo Garnero (40), herdeiro do Grupo Brasilinvest, do italiano Gianni Nunari (47), produtor do filme 300, de Karin Masri, sócio de Garnero no restaurante Quattro, em Miami, e da bela Sabrina Müller (27), manager da agência Mega Models em Nova York, de onde viajou para Miami apenas para prestigiar Rico. "Somos amigos há anos. Sabrina é como uma irmã que veio me dar força neste momento especial", disse Rico, mostrando não se tratar de um romance. "Encarei com tranqüilidade o fim do meu namoro com Letícia. Estou zen, com a energia voltada para o trabalho", afirmou ele, que neste fim de semana, em Indaiatuba, interior de SP, vestiu a camisa do São José Pólo para o início da disputa pelo Campeonato Brasileiro. O pólo na praia, no entanto, faz parte dos planos de Rico, que pretende, com Gaudenzi e Bruce Orosz (56), organizadores do torneio, levar para o Rio a moda do pólo na praia.FOTOS: MARGARETH ABUSSAMRA / ABUSSAMRA PHOTOS E MITCHELL ZACHS / MAGICAL PHOTOS