Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

NICETTE BRUNO FESTEJA A ARGENTINA

ELA É RECEBIDA POR FERNANDO LEÇA, MÓNICA E O CÔNSUL RAIMONDO

Redação Publicado em 27/05/2008, às 15h42

NICETTE BRUNO FESTEJA A ARGENTINA - Bruno Barriguelli/ B.A.R
NICETTE BRUNO FESTEJA A ARGENTINA - Bruno Barriguelli/ B.A.R
A consagrada atriz Nicette Bruno (75) abrilhantou a comemoração da Data Nacional da Argentina, no Memorial da América Latina, em São Paulo. A data é festejada em 25 de maio, mas o evento, batizado de Noite da Música Argentina, Sem Fronteiras, foi realizado na quata-feira, 21, e teve como anfitriões o cônsul-geral da Argentina em São Paulo, Roberto Raimondo (63), acompanhado da mulher, Mónica Turk de Raimondo (52), e o presidente da Fundação Memorial da América Latina, Fernando Leça. "Recebi o convite e fiz questão de vir. Foi uma noite linda regada a interpretações muito interessantes e envolventes", disse a mulher do ator Paulo Goulart (75), que não pôde comparecer porque gravava no Rio a novela Duas Caras. Em cartaz com o marido na peça O Homem Inesperado, no teatro paulistano Renaissance, Nicette fez elogios ao país. "Eu e Paulo adoramos a Argentina, sempre que temos tempo vamos a Buenos Aires, que tem um movimento cultural forte", contou ela. "É uma honra recebê-la nesta data tão especial para nós. Estou muito feliz", retribuiu o cônsul, todo orgulhoso, na noite aplaudida por um público de mais de 1500 pessoas. "Foi um sucesso", festejou ele. O evento teve como ponto alto a apresentação dos renomados cantores e compositores argentinos León Gieco (57), Teresa Parodi (61) e Víctor Heredia (61), referências na música popular do país, que contaram com a participação especial do sertanejo Sérgio Reis (67). "A maioria das pessoas acredita que na Argentina só se toca tango, o que não é verdade. Temos muitos gêneros musicais populares, assim como no Brasil. Escolhemos estes músicos justamente para mostrar nossa diversidade de ritmos", garantiu Raimondo.