Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Nicette Bruno e Beth Goulart apresentam prêmio de teatro

Redação Publicado em 19/03/2013, às 23h46 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Prêmio de teatro é prestigiado por vips - Léo Marinho e Alex Palarea/AgNews
Prêmio de teatro é prestigiado por vips - Léo Marinho e Alex Palarea/AgNews

Atualizada às 01h50

Mãe e filha, Nicette Bruno (80) e Beth Goulart (52), foram as responsáveis pela apresentação do Prêmio Shell de Teatro do Rio de Janeiro, que aconteceu nesta terça-feira, 19, e afirmaram a alegria de dividir o palco, dedicando atenção especial ao teatro brasileiro.

"Essa noite foi uma emoção, também pela homenagem ao Walmor Chagas (1930 - 2013), um momento positivo, de esperança na cultura brasileira, na resistência do teatro brasileiro e de agradecimento a Shell, que continua oferecendo esse prêmio a todos os atores que se destacaram esse ano", apontou Nicette.

Beth acompanhou a mãe nos agradecimentos e aproveitou para elogiá-la: "Recebemos o convite pra apresentar com muita alegria, é um prazer imenso. Já recebemos um prêmio especial, pela família, porque temos uma família dedicada ao teatro. Então, a gente se sente em casa. Cada vez que estamos em cena juntas é uma oportunidade maravilhosa de agradecer e reverenciar esse talento, recebido dentro de casa". Nicette então replicou: "Tenho orgulho da caminhada dos meus filhos. Nós somos acima de tudo amigos e isso é importante, porque dá o sentido maior de família teatral. Os componentes do espetáculo formam uma verdadeira família, porque estão todos motivados na transmissão de uma mensagem, e quando a gente tem a felicidade de estar junto, melhor ainda".

Dentre os indicados, Drica Moraes e Renata Sorrah concorreram pelo prêmio de Melhor Atriz pelas peças À primeira vistaEsta Criança, respectivamente. O prêmio ficou para Renata e Drica agradeceu: "Foi uma honra concorrer nesse páreo de atrizes maravilhosas, num prêmio muito importante, que acompanha a gente que faz teatro há vários anos. O teatro sempre terá seu lugar único, não tem o que substitua, a Internet esta lá, mas o teatro tem seu espaço também", destacou. 

Drica e Mariana Lima vêm a São Paulo com À primeira vista em abril e, depois, Drica dará início às gravações do filme de João Jardim sobre os últimos dias de Getúlio Vargas, em que fará a filha Alzira Vargas, além de finalizar a novela Guerra dos Sexos.

Renata Sorrah, por sua vez, expressou sua felicidade ao acumular mais um prêmio para sua coleção: "Receber um prêmio é prazeroso, claro, em cima de um trabalho que adoro, com um texto lindo, com a Companhia Brasileira de Teatro de Curitiba, dirigida pelo Marcio Abreu, talentosíssimo. Foi um prazer conhecê-lo, muito renovador para mim trabalhar com ele", disse ela que engatará um novo projeto com a companhia, a peça Krum. "Uma festa de teatro é sempre maravilhosa, com atores, diretores, figurinistas, cenógrafos, uma turma maravilhosa, é muito lindo premiar os melhores do ano", completou estendendo o elogio à festa.

A peça Esta Criança também faturou os troféus de Melhor Diretor, Melhor Cenário e Melhor Iluminação.