Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Diretor brasileiro é homenageado em Paris

Nelson Pereira dos Santos, precursor do Cinema Novo, recebeu homenagem na abertura de festival de cinema brasileiro em Paris, França

Redação Publicado em 05/05/2011, às 12h01 - Atualizado às 12h21

Nelson Pereira dos Santos - Caras
Nelson Pereira dos Santos - Caras
Nelson Pereira dos Santos, cineasta considerado como um dos precursores do Cinema Novo, na década de 50, recebeu homenagem durante a abertura do Festival do Cinema Brasileiro em Paris, capital francesa. Durante o evento, que ocorreu na quarta-feira, 4, o longa-metragem Rio, Zona Norte - que ao lado de seu filme de estreia, Rio, 40 Graus, compõe um dos marcos iniciais do Cinema Novo - foi exibido para um público formado, em sua maioria, por franceses. Após a sessão, Nelson, na ativa aos 82 anos de idade, recebeu o troféu Jangada e recordou que, na época em que dirigiu Rio, Zona Norte - isso em 1957 - filmar favelas era visto como propaganda negativa para a cultura brasileira. Na tarde desta quinta-feira, 5, o festival propõe um debate sobre a obra do cineasta brasileiro que irá reunir, além do próprio diretor, renomados intelectuais franceses. "Nelson Pereira dos Santos é reconhecido pelos franceses como um dos maiores expoentes do cinema brasileiro", disse Kátia Adler, organizadora do festival. Em sua 13º edição, o evento audiovisual também prestará homenagem ao escritor baiano Jorge Amado. Na programação serão exibidas grandes obras do autor transpostas para o cinema. Outra presença ilustre será do cineasta Cacá Diegues, que apresenta seu novo trabalho, 4 X UPP, no festival. Diegues marca presença no evento no dia 6 de maio, juntamente com o secretário de segurança do Rio de Janeiro, José Mariana Beltrame, e do presidente da RioFilme, Sérgio Sá Leitão.