Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Nathalia Dill e Lázaro Ramos: público infantil

Envolvidos com clima lúdico do especial Dó-Ré-Mi-Fábrica, atores revelam planos e sonhos

Redação Publicado em 16/12/2009, às 12h39

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
No Projac, Rio, Lázaro brinca com os objetos do estúdio do especial, que vai ao ar no dia 23. - GEORGE MAGARAIA/IMAGENS MAGASAC
No Projac, Rio, Lázaro brinca com os objetos do estúdio do especial, que vai ao ar no dia 23. - GEORGE MAGARAIA/IMAGENS MAGASAC
O ator Lázaro Ramos (31) orgulha-se em dizer que 2009 foi um ano de bons trabalhos na televisão. Mesmo longe das novelas desde Duas Caras, em 2007, o baiano de Salvador mostrou sua versatilidade em especiais como Decamerão e Ó Paí, Ó. Agora, volta no especial de fim de ano Dó-Ré-Mi-Fábrica, que será exibido na quarta-feira, 23. "Só fiz coisa boa! Gosto de atuar em produtos diferenciados,como esse", explica ele, durante a apresentação do programa, no Projac, Rio. Atento a seu trabalho, Lázaro conta que gosta de assistir a tudo que faz. E também palpita na performance da amada, a atriz Taís Araújo (31), protagonista de Viver a Vida. "Vejo a novela sempre que posso e acompanho a carreira da Taís. Trocamos muitas figurinhas", revela o ator, que se emocionou durante a exibição de cenas do especial, com texto de Péricles Barros (41) e direção de Flávia Lacerda (37). Voltado para o público infantil, o programa aborda, de forma lúdica e musical, o direito da criança ao sonho. Uma concepção que empolgou Nathalia Dill (23). "Às vezes, a gente não dá tanto valor aos telespectadores infantis, mas não há nada mais gratificante. A história passa uma mensagem de generosidade, esperança e união familiar, valores importantes", afirma Nathalia. Protagonista de Paraíso, que terminou em outubro, ela saiu da trama das 6 para os estúdios do especial. "É o meu terceiro trabalho na televisão e foi muito diferente. Mais livre, mais mágico. As roupas e as composições dos personagens dão um gostinho de fábula", avalia a atriz, que canta em cena. "Já fiz aulas, mas não penso em me profissionalizar. A música serve mais para reforçar e valorizar meu trabalho", conta ela, que finalmente vai tirar as merecidas férias, em janeiro. "Eu vou visitar minha irmã em Portugal e quero aproveitar para rodar pela Europa", adianta a protagonista. No mesmo ritmo frenético de Nathalia, o ator Alexandre Nero (39) comemora a boa fase na telinha. "Estou aproveitando essa onda de sorte. Tenho contrato com a Globo até 2012 e não quero saber de descanso", empolga-se ele, que se tornou conhecido após A Favorita e também esteve em Paraíso. Natural de Curitiba, no Paraná, Alexandre contou que está de mudança definitiva para o Rio. "Praticamente morei no aeroporto durante a realização das novelas. Sou músico e quero investir no meu lado cantor. Tenho oito discos independentes gravados e pretendo lançar o próximo em solo carioca", planeja ele. Diretora de núcleo de Dó Ré Mi Fábrica, Denise Saraceni (55) não poupou elogios aos atores. "São todos maravilhosos. Conseguimos fazer uma ficção contando a história de um menino de verdade", disse Denise, citando Maicom (12), descoberto no site de músicas e vídeos Youtube. "Há um vídeo dele chamado Menino de Rua, que teve mais de um milhão de acessos. Logo que vi, apostei. Após a aprovação de todos, conseguimos localizá-lo. Maicom é de Mirante da Serra, em Rondônia. E não veio hoje para o lançamento porque está fazendo prova", explicou João Falcão (50), o responsável pela concepção musical. Entre os nomes do elenco, também estão os de Chico Diaz (50), Ana Paula Bouzas (30), Matheus Costa (11) e Arthur Frazão. "É a primeira vez que trabalho em algo assim na TV. É um texto que nos permite fazer algo mais exagerado, carregado nas tintas, mas sem forçar a barra", explica Chico.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!