Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Nado sincronizado do Brasil conquista dois bronzes em Guadalajara

Meninas do nado sincronizado do Brasil conquistam medalha de bronze na prova de conjunto um dia após a dupla brasileira também ficar em terceiro lugar

Redação Publicado em 21/10/2011, às 22h39 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Equipe do nado sincronizado do Brasil - Wagner Carmo / Inovafoto / COB
Equipe do nado sincronizado do Brasil - Wagner Carmo / Inovafoto / COB

Nesta sexta-feira, 21, o nado sincronizado brasileiro escreveu seu nome na história dos esportes ao conquistar o terceiro lugar na prova de conjunto no Pan-Americano de Guadalajara, no México. Um dia após o bronze no dueto – formado por Nayara Figueira e Lara Teixeira –, a equipe brasileira foi a última a se apresentar e conseguiram superar o belo conjunto do México, grandes rivais na luta pelo bronze, que deu um show na piscina antes do show da seleção canarinho.

“A gente não podia errar. O México veio com uma apresentação muito forte, a melhor que eles tinham, mas nós entramos com muita garra, lutando contra a pressão da torcida mexicana e determinadas a faturar a medalha”, afirmou Nayara.

O ouro ficou com o Canadá, a prata com os Estados Unidos e o bronze com a equipe do Brasil, formada pelas atletas Giovana Stephan, Jéssica Gonçalves, Joseane Costa, Lara Teixeira, Lorena Molinos, Maria Eduarda Werneck, Nayara Figueira e Pamela Nogueira.

A seleção brasileira somou, em dois dias de prova, 176,425 pontos, enquanto o México obteve 175,838.