Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Dudu Azevedo faz seu alerta aos ‘atletas que negligenciam a saúde’

Vivendo Wallace Mu em ‘Fina Estampa’, o galã Dudu Azevedo conversa com a CARAS Online sobre o personagem e a rotina dos lutadores de MMA. “É uma vida de sacrifício, treinos exaustivos e riscos”, conta

Karen Lemos Publicado em 09/11/2011, às 09h48 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Dudu Azevedo (Wallace Mu) - Divulgação/TV Globo
Dudu Azevedo (Wallace Mu) - Divulgação/TV Globo

Dudu Azevedo (33) sempre teve um gosto pela boa forma, exercícios físicos e cuidados com a saúde. Foi a sua sorte. Quando recebeu o convite do autor Aguinaldo Silva (67) para entrar na trama de Fina Estampa, sua atual novela que ocupa a faixa das nove horas na programação da Rede Globo, não imaginava que o universo em que estava prestar a se embrenhar fosse tão surpreendente.

“Eu cheguei praticamente de pára-quedas na novela e logo já entrei em uma rotina de treinamento e preparação para o personagem”, confessou, em entrevista à CARAS Online, o ator que dá vida ao lutador Wallace Mu. “Eu não tive muito tempo pra me preparar para a novela, mas, uma vez que estava dentro, mergulhei de cabeça nos treinos e no condicionamento físico para estar o mais próximo possível da verdade em cena. Foi intenso, mas o resultado é gratificante”.

Intenso, gratificante e nada fácil. Fazer um lutador de MMA (Artes Marciais Mistas) exigiu do galã condicionamento físico, boa saúde, técnica de verdade e um mergulho profundo no entendimento desse mundo. “É uma vida de sacrifício, treinos exaustivos e riscos para se tornar um atleta de ponta num esporte de muito glamour, mas que não deixa de ser extremo e violento”, complementou.

Para auxiliar em sua composição cênica, Dudu contou com a ajuda de um antigo amigo: Ricardo Arona (33), atleta de MMA e membro da equipe Brazilian Top Team (BTT) que ofereceu algumas dicas ao intérprete. Ricardo, contudo, não foi a única base para o laboratório do ator. “Conheci atletas que representam a bandeira do nosso país com muita competência como o [Antônio Rodrigo] Minotauro (35), [Rogério] Minotouro (35), Anderson Silva (36). Foi muito bom pra mim e me deu motivos especiais para representá-los na pele do Wallace”, contou.

Além da rotina de treinamento, Dudu ainda se prepara fisicamente com uma intensa bateria de malhação ao lado de seu preparador Maurício Medeiros – o que também o beneficia na questão estética do corpo; questão necessária, já que o personagem tem muitas cenas em que aparece sem camisa, exibindo o abdômen definido. “Também acaba sendo importante; o resultado tem sido satisfatório”, disse.

Um antigo fã

Admirador da prática do  jiu-jitsu, Dudu Azevedo acompanhava, desde cedo, a trajetória de grandes lutadores como os irmãos Royce Gracie (44) e Rickson Gracie (52) que, segundo o ator, enfrentavam adversários bem mais pesados que acabavam nocauteando por conta de suas técnicas. A paixão pela luta (e consequentemente pelo MMA) nasceu dessa raíz que até hoje permanece. “Dos atletas em atividade, gosto muito do José Aldo (25) [que ganhará biografia na pele do ator Malvino Salvador, 35]; do Lyoto Machida (33), pela sua postura e respeito a técnica e ao esporte; Anderson Silva, pelo seu resultado e técnica, que são admiráveis; [Antônio Rodrigo] Minotauro, por sua raça”, explicou.

Alerta

Na trama de Fina Estampa, o personagem Wallace Mu também serve para fazer um alerta. Diagnosticado com Cardiomiopatia hipertrófica (uma doença no músculo do coração), o lutador terá que pendurar as chuteiras caso queira continuar vivo. A insistência de voltar à luta – que será exibida na novela – deve expor o perigo dessa doença que é a causa mais comum de morte súbita entre atletas jovens. “O problema do Wallace é um drama possível entre os lutadores que negligenciam a saúde”, avisa.

Para Dudu, no entanto, Wallace também mostrará um lado humano e muito bacana, mesmo fazendo parte do núcleo de Teodora (Carolina Dieckmann, 33), grande vilã do folhetim. “Acredito que, uma de suas características mais legais dele é que, apesar de apaixonado pela Teodora, Wallace não compactua com os planos da companheira”, adiantou o galã, que está amando trabalhar com a amiga e colega de profissão. “Sim, eu e a Carolina somos muito amigos e estarmos juntos em um trabalho assim está sendo muito bom . Gostamos muito da notícia de que iríamos trabalhar juntos e hoje celebramos o bom resultado”.