Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Morre Lídio Toledo, ex-médico da Seleção

O ex-médico da Seleção Brasileira de Futebol, Lídio Toledo, 78 anos, morreu no Rio de Janeiro

Redação Publicado em 07/05/2011, às 14h36 - Atualizado às 14h59

Lídio Toledo - Roberto Filho/AgNews
Lídio Toledo - Roberto Filho/AgNews
Morreu na manhã deste sábado, 7, o ortopedista Lídio Toledo de Araújo, aos 78 anos, no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro. O médico integrou a comissão da Seleção Brasileira tetracampeã do mundo em 1994, nos Estados Unidos, e na campanha vice-campeã de 1998, na França, além de trabalhar por muitos anos no clube carioca Botafogo. Lídio foi internado na noite de sexta-feira com um quadro infeccioso agudo grave. Na manhã de sábado, ele apresentou um choque séptico e sofreu uma parada cardíaca. Toledo já estava se tratando de insuficiência renal e doença coronariana. O último trabalho de Lídio com a Seleção foi na Copa do Mundo de 1998, na França. O médico ficou marcado pelo corte de Romário, que se recuperava de uma lesão na panturrilha, às vésperas do Mundial de 1998. Foi Lídio, também, que liberou Ronaldo para a final dessa Copa contra a França, após uma convulsão.