Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Michael Douglas vai à ONU pedir...

Redação Publicado em 08/03/2007, às 09h21

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Michael Douglas vai à ONU pedir... - Foto: Reuters
Michael Douglas vai à ONU pedir... - Foto: Reuters
paz. O astro, um dos mensageiros da paz da organização, e a mulher, a atriz Catherine Zeta Jones estiveram na sede da Organização das Nações Unidas, em Nova York, para pedir aos Estados Unidos que trabalhe pelo desarmamento. O casal foi recebido pelo secretário-geral da entidade, Ban Ki-Moon. Não é de hoje que Michael batalha pela causa. "Eu escolhi este campo por várias razões. O meu pai, Kirk Douglas nasceu em Belarus, e eu queria conhecer a terra dos meus ancestrais, mas, quando lá desembarquei, descobri que todas as cidades que o meu pai conhecera haviam sido destruídas pela catástrofe de Chernobyl: elas ficavam na fronteira com a Ucrânia", contou o ator, que acrescenta: "Ser uma 'celebridade útil' deveria servir para outras coisas além de fazer filmes. Eu utilizo este título para abrir as portas dos senadores, em Washington, e para lhes falar das armas leves e da ONU. Eu me sinto realmente privilegiado por ser um mensageiro da paz", finalizou ele. Além de Michael, a ONU conta com outros Mensageiros da Paz, como o boxeador Mohammed Ali, a ambientalista Jane Goodall, o tenor Luciano Pavarotti, o cantor Enrico Macias, o tenista Vijay Amritraj, a escritora Anna Cataldi, o jogador de basquete Magic Johnson, o músico Wynton Marsalis, o escritor Elie Weisel e o violoncelista sino-americano Yo Yo Ma. Não é de hoje que celebridades se engajam em projetos sociais. Uma das primeiras a se sensibilizar com causas humanitárias, foi a estrela Audrey Hepburn, que dedicou os dez últimos anos de sua vida à Unicef, viajando de um extremo ao outro do planeta até a sua morte, em 1993, aos 63 anos. O ator Roger Moore, fascinado pelo envolvimento de Audrey Hepburn, juntou-se a ela na entidade, onde permanece até hoje. "O meu nome é Moore, Roger Moore, e eu estou de volta de uma missão humanitária. Eu devo muito a James Bond, graças a ele, eu posso trabalhar para a Unicef", ressalta o ator inglês. A etrena diva, Elizabeth Taylor foi a primeira a se mobilizar contra a Aids. Depois da morte do seu grande amigo Rock Hudson, em 1982, ela fundou a American Association for Aids Research (AmFAR), uma fundação para pesquisas sobre a triste doença. (Quinta-feira, 08/03/2007)