Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Mayana na trama de 'Cordel Encantado'

Mayana Neiva, que passa a integrar o casting de ‘Cordel Encantado’ em breve, falou sobre sua personagem – escrita especialmente para ela pela dupla Thelma Guedes e Duca Rachid. “Ela é um luxo, uma diva”, adiantou

Redação Publicado em 12/08/2011, às 15h15 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Mayana Neiva - Francisco Cepeda / AgNews
Mayana Neiva - Francisco Cepeda / AgNews

Mayana Neiva (28) está mergulhada nos livros, ou melhor, nos filmes para saber tudo sobre a fase muda do cinema mundial. Jean Hagen (1923 – 1977), Marlene Dietrich (1901 – 1992), Louise Brooks (1906 – 1985), Theda Bara (1885 – 1955), entre tantas outras estrelas desse período agora são suas parcerias de trabalho.

Tudo em nome de uma eficiente preparação para um grande personagem. Convidada pela dupla Thelma Guedes (49) e Duca Rachid (49) a integrar o elenco de Cordel Encantado, Mayana não hesitou em aceitar o convite, afinal, o papel havia sido escrito especialmente para ela. Uma honra!

“Thelma e Duca me assistiram na novela 'Ti Ti Ti' [folhetim no qual dava vida a voluptuosa Desirée Oliveira] e gostaram muito. Elas queriam que eu tivesse entrando antes em ‘Cordel’, mas não deu tempo, acabou acontecendo só agora”, explicou Mayana em entrevista exclusiva a CARAS Online.

Na trama, a paraibana dará vida a Vicentina Celesta, uma atriz do cinema mudo que se muda para Borogodó, onde vai causar muitos tumultos que abrirão margens para cenas bem engraçadas na novela. “Ela é uma atriz linda, mas quando ela abre a boca.... A Vicentina vai causar grande estranhamento em Brogodó, criando uma série de situações cômicas; até porque, ela é uma artista em decadência, mas que se mantém no deslumbramento”, adiantou.

Como o ritmo da teledramaturgia é acelerado, a atriz já fez as primeiras reuniões com o núcleo de diretoria da novela e até já provou alguns figurinos da personagem; os modelitos, ela garante, serão de muito glamour. “Ela é um luxo, uma diva”, contou. “Por isso que será tão engraçada. Ela estará deslocada [entre os moradores de Borogodó] e haverá uma comicidade na situação; o contexto é engraçado”.

É justamente nos ares de estrela que Mayana se diferente de Vicentina. “Eu sou uma pessoa mais simples, me acho totalmente diferente dela”, disse, com bom humor. No entanto, a morena ainda está entrando na personagem, entendo sua personalidade e explorando seu território. O que já se sabe, é que Vicentina se encantará por Farid (Mouhamed Harfouch, 33), que já tem três mulheres entre suas conquistas – algo que não cai muito no entendimento da moça. “Isso não é para mim, não (risos). Eu quero um amor só meu, uma pessoa só para mim. Um amor tranquilo, bom; não divido coisa minha”, riu a atriz, cujas gravações se iniciam na próxima segunda-feira, 15, ou, no máximo, terça-feira, 16.

“Sou uma entusiasta da novela. Ela traz elementos fortes, uma cara de cinema, uma pesquisa de vanguarda para um gênero clássico do Brasil. Existe inovação na direção, o texto é uma preciosidade, figurino e maquiagem super bem feitos; está sendo uma felicidade, ajudar a contar essa história é um prazer imenso”, completou.