Max e Francine, juntinhos, mas longe das câmeras

por Thais Arbex

Publicado terça 9 junho, 2009

Max e Francine em clima de Dia dos Namorados, na limusine oferecida pelo Portal CARAS para que o casal passeasse pelo Rio de Janeiro - Renato Velasco

Ele é a noite tranquila de sono. Ela, a dose diária de alegria. Apaixonados e curtindo a vida a dois sem as câmeras do Big Brother Brasil 9, o casal Max Porto e Francine Piaia, também conhecido por Maxcine, conversou com o Portal CARAS. Às vésperas do Dia dos Namorados, eles contaram os detalhes do namoro que ultrapassou os muros do confinamento e, para quem ainda duvidava, deixam claro: "Se não nos gostássemos, com certeza não estaríamos juntos". Além de dar detalhes da intimidade, Francine também cita dicas para quem ainda está solteiro: "Os solteiros têm de ter mais calma. Não fiquem tão afobados. (...) O bom é quando a pessoa surge naturalmente, sem nada forçado.". Abaixo, os principais trechos da conversa: VIDA A DOIS - O Brasil inteiro conheceu o casal Max e Francine sob os olhares das câmeras. Como vocês são agora que não estão sendo observados 24 horas? - Francine - É a mesma coisa, mas agora temos mais intimidade. A gente pode falar sacanagem sem ninguém ouvir (risos). - Max - Temos mais intimidade e privacidade. Podemos falar sacanagem sem chocar ninguém (risos). Estamos morando juntos desde o dia 13 de janeiro, dormindo juntos praticamente todos os dias. Mas agora não tem mais ninguém com a gente. Somos só eu e ela. - Agora que só vocês dividem o mesmo teto, o que estão aprendendo? Precisaram ceder em algumas coisas em prol do relacionamento? Em quais? - Francine - Ah, eu sempre cedo mais, né? Sou a escrava (risos). O "benhê" cede, mas ele é como a minha mãe: não me coloca no colo. Não me dá razão o tempo todo. Ele não fica me mimando. - Max - Eu também cedo, sim. Mas não coloco no colo mesmo. Não sou de ficar mimando. Eu e a Fran já somos emancipados há um tempo. Já estávamos acostumados a cuidar de apartamento, com os afazeres domésticos. Isso não é novo para a gente. - E no dia a dia, o que irrita um ao outro? - Francine - A gente é bagunceiro e porco juntos (risos). - Todo casal tem uma música como trilha sonora. Qual é a de vocês? - Max - Escolheram uma música para a gente durante o programa, que é If I Were a Boy, da Beyonce. Mas não tivemos um começo de relacionamento tradicional, por isso não temos uma música nossa. E, além disso, temos gostos musicais bem diferentes. A Fran gosta de pop rock, como Madonna. Eu sou mais do rock pesado, do hip hop e da música eletrônica. - Vocês gostam de cinema? Existe algum casal da ficção que seja marcante para vocês? - Max - O Shrek e a Fiona (risos). E tem o casal do filme Wall-e. [O Portal CARAS também fez uma seleção de casais fofos do cinema. Clique para conferir!] CONSELHOS PARA CASAIS - Qual a dica para os solteiros no Dia dos Namorados? E para os casados que estão juntos há muito tempo? - Max - Para os solteiros, arrumar uma namorada. Para os casados, namorar bastante. - Francine - Os solteiros têm de ter mais calma. Não fiquem tão afobados. E quem está procurando, pare de procurar porque só assim aparecerá alguém. O bom é quando a pessoa surge naturalmente, sem nada forçado. - Antes de entrar na casa, vocês eram preocupados com o fato de não estar namorando? - Francine - Não, eu não. Sempre namorei, mas tudo muito tranquilo. E também namorei por muitos anos. Eu não gosto de ficar solteira. - Max - Eu era um adolescente louco para namorar de qualquer jeito (risos). Mas quando comecei a namorar, não parei mais. Tive relacionamentos longos. Eu gosto de andar de mãos dadas no shopping. - Francine - Ah, "benhê", que lindo! Mas a gente não está conseguindo fazer isso... PROGRAMAS A DOIS - Vocês conseguem fazer programas de namorados? - Francine - Até conseguimos fazer, mas nunca sozinhos. Estamos sempre com os nossos assessores. Só ficamos mais sossegados quando estamos em casa. - Max - É claro que a gente já foi ao cinema, já fomos jantar, mas sempre é um esquema meio "ninja". - E o que vocês gostam de fazer quando estão em casa? - Francine - Gostamos muito de ficar em casa. Não somos baladeiros, somos bem tranquilos. Gostamos de jogar videogame. - Max - Também gostamos muito do sofá, de assistir à televisão. - E vocês pretendem jantar no Dia dos Namorados? - Francine - A gente ainda não sabe o que vai fazer, mas queremos algo bem romântico. [Para fazer o ensaio do Portal CARAS, eles tiveram seu primeiro jantar romântico, no Margutta Ristorante, de Ipanema, zona sul do Rio de Janeiro] DECLARAÇÕES DE AMOR - Como vocês conseguem manter a chama da paixão sempre acesa? - Francine - Não tem como olhar para este corpinho (olhando para o Max), e não desejar essa loucura (risos). - Max - É muita volúpia. - Vocês já brigaram? Continuando discutindo como no BBB? - Francine - Somos como qualquer casal. Somos normais, discutimos às vezes. - Max - Não mudou nada. - E quem sempre corre atrás para resolver? - Max - Sou mais turrão e mais sentimental também. - Francine - Ele fica mais sentido com as coisas. Quando sei que estou errada, vou atrás. Mas depois do desentendimento tem o beijo, e logo fica tudo bem. - Quem é a Francine depois do Max? E quem é o Max depois da Francine? - Francine - Ele me ensinou a ser mais séria. Não que eu tenha aprendido (risos). Ele tem me ensinado a ser menos explosiva, a ter mais postura. Apesar de estarmos há pouco tempo juntos, posso afirmar que o que tenho vivido com ele, não vivi com mais ninguém. Não consigo ter uma noite tranquila de sono sem ele do meu lado. Ele ronca, ocupa espaço na cama, mas não consigo dormir sem ele. E a gente não enjoa um do outro. - Max - A Fran é a minha dose diária de alegria. Ficamos o tempo inteiro juntos, um grudado no outro. E isso há seis meses. Podemos contar nos dedos os dias nos quais não estávamos juntos, que ficamos longe um do outro.

Último acesso: 02 Dec 2021 - 19:12:04 (126499).

Leia também

TV CARAS