Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Manieri sobre ser pai: 'Tem que participar'

O cantor Maurício Manieri conta que sabe trocar fraldas, dar mamadeira e colocar seu pequeno Marco, de 4 meses, para dormir. "Não adianta só ser pai, tem que participar", disse o ex-Fazenda em entrevista exclusiva

Redação Publicado em 06/08/2010, às 17h09 - Atualizado às 17h40

Maurício Manieri e Marco - Reprodução
Maurício Manieri e Marco - Reprodução
"Não adianta só ser pai, tem que participar", disse o cantor Maurício Manieri quando questionado sobre as tarefas com o filho, Marco, de 4 meses. Será que ele dá conta de trocar a fralda, dar comida e fazer seu bebê dormir? Em entrevista com o Portal CARAS ele declarou: "Eu faço tudo isso! Dou mamadeira, troco fralda na madrugada, faço dormir", disse o cantor. Todo orgulhoso, o paizão contou também que Marco fica sempre quietinho em seu colo. "Nós temos uma conexão muito gostosa! Ele chora no colo dos outros, mas quando o pego, ele fica quietinho." Mesmo Marco sendo pequeno, Manieri afirmou que já conversa com o filho e que adora cantar e dançar com o pequeno. "Eu canto e danço com ele, a gente fica conversando, trocando ideias, eu falo e ele só emite sons (risos)." Antes de o filho nascer, o ex-participante do reality showA Fazenda fez uma linda declaração para Marco: a música O Pôr do Sol, um dos sucessos mais tocados nas rádios de todo o Brasil. "Tem uma frase na letra da música que diz: 'O presente mais precioso que ganhei de Deus'. E é extamente isso que sinto em relação a ele. O Marco só me faz querer cada vez mais ser um homem melhor e eu vou fazer de tudo para dar o meu melhor a ele", disse Maurício, que nesta sexta-feira, 6, cantou pela primeira vez ao vivo em um programa de televisão ao lado do filho. "No programa da minha mulher, Izabelle Stein, o Revista+, Marco ficou vidrado me olhando cantar. Foi um barato!". Toda a educação que o cantor pretende dar ao seu filho é também tudo que ele aprendeu com o seu pai, Eraclides, que faleceu quando ele tinha 25 anos. "Meu pai era de outra época e era o mantenedor da família. Ele ficou bravo quando eu larguei a faculdade para ser músico, mas depois entendeu e me apoiou. Antes de ele morrer, nós conseguimos nos aproximar mais e tudo o que eu aprendi sobre valores, foi com ele e minha família." Manieri acredita que o mais importante a ser passado ao Marco são os conceitos de respeito à família, aos mais velhos e ao próximo. "O respeito, a ética e a honestidade ficaram fora de moda e eu faço questão que Marco aprenda isso." Sobre ter mais filhos, o cantor afirmou que quer, mas ainda vai demorar um pouquinho para aumentar a família. "Olha, eu acho que vou ter mais filhos, sim! É muito gostoso! Mas não vai ser agora. Mais para frente terei um outro bebezinho."