Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Mariana Wilker

Parceria no cinema com o pai

Redação Publicado em 30/05/2011, às 13h02 - Atualizado em 01/06/2011, às 01h00

Mariana festeja a estreia ao lado de José Wilker: ela, roteirista; ele, diretor e protagonista de Giovanni Improtta. - JOÃO MÁRIO NUNES
Mariana festeja a estreia ao lado de José Wilker: ela, roteirista; ele, diretor e protagonista de Giovanni Improtta. - JOÃO MÁRIO NUNES
Formada em Psicologia, Mariana Wilker (31), filha dos atores José Wilker (66) e Renné de Vielmond (57), decidiu jogar a carreira para o alto em busca de um novo desafio profissional. Apaixonada por literatura desde a adolescência, foi incentivada pelo pai a fazer um curso de roteiro. Gostou tanto que logo depois estabeleceu a primeira parceria com ele na área. Ambos dividem o projeto do filme Giovanni Improtta, que deve chegar aos cinemas no fim do ano. "Eu trabalhava há três anos como psicóloga em consultório, mas não estava feliz. Meu pai teve a sensibilidade de perceber isso e me deu força para seguir no caminho das letras. Agora, estou tendo o prazer de ser a roteirista do filme em que ele estreia na direção. Isso me traz imenso orgulho", explica Mariana. O longa, que tem Wilker também como protagonista, é baseado na obra O Homem que Comprou o Rio, do autor Aguinaldo Silva (67). Criada entre centenas de livros e vídeos, Mariana vê na paixão dos pais pela cultura o grande trunfo de sua educação. "O gosto pela literatura, cinema e artes é uma coisa muito natural em minha família. Costumo chamar meu pai de 'Homem Livro', pois ele dorme e acorda com um nas mãos. Acredito que crescer presenciando essas cenas tenha sido decisivo na minha escolha", afirmou a nova roteirista.