Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Margareth Menezes celebra 25 anos de carreira em show com amigos

Em apresentação especial por seus 25 anos de carreira, Margareth Menezes realiza show na presença de amigos e é tietado por estrelas da música brasileira

Redação Publicado em 13/02/2012, às 02h20 - Atualizado às 03h05

Margareth Menezes comemora 25 anos de carreira em show com amigos - Uran Rodrigues
Margareth Menezes comemora 25 anos de carreira em show com amigos - Uran Rodrigues

A rainha do samba-reggae Margareth Menezes (49), conhecida pelo timbre vocal marcante comemorou 25 anos de carreira neste domingo, 12, durante um show realizado na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, Salvador.

O show Afropop Especial 25 anos de Carreira contou com a presença de amigos e convidados como Gilberto Gil (69), Elba Ramalho (60), Paula Lima (41) e Daniela Mercury (46), além de representantes dos blocos afros Ilê Aiyê, Muzenza, Cortejo Afro, Filhos de Gandhy e MalêdeBalê.

Cantar é o que eu mais amo fazer. Há 25 anos eu gravava o primeiro samba-reggae do Brasil, a música Faraó. Esta canção faz parte de meu repertório até hoje”, conta a artista, que revela que outras canções como Elegibó, Dandalunda e Toté de Maiangá não podem faltar em suas apresentações.

Para as cantoras Elba Ramalho e Paula Lima, Margareth é uma artista incomparável. “Hoje estamos comemorando também nossos 25 anos de amizade. Ela é uma pessoa que guardo no coração, pois é um ser humano inigualável e tem uma potência vocal inconfundível” revela Elba, que subiu ao palco para cantar os sucessos Mãe de Cheiro e Aconhego.

Já conhecia a artista pelo trabalho de difundir a música afro para o Brasil e para o mundo, mas nos aproximamos há cerca de dois anos durante um baile em São Paulo. Desde então, nos tornamos amigas. Estou muito feliz em dividir esse momento com ela”, conta Paula.

Segundo a conterrânea Daniela Mercury, Margareth faz parte de geração que fez o Brasil conhecer o Carnaval de Salvador. “Tive a oportunidade e o prazer de acompanhar toda a sua carreira. Ela é uma pessoa extraordinária, que fez o samba-reggae se popularizar e merece hoje todo o reconhecimento possível”, diz.

Durante o Carnaval, Margareth fará apresentações em Recife e em um camarote de Salvador. Na segunda e terça de carnaval, a cantora vai puxar o bloco Cordão Cultural Movimento Africano. Nesses dois dias de folia, seu figurino vai homenagear duas personagens de Jorge Amado (1912-2001) – Gabriela e Tieta.