Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Marcos Jorge comemora bom momento

Depois do sucesso de Estômago, cineasta Marcos Jorge lança Corpos Celestes e fala de grandes projetos que virão

Redação Publicado em 08/06/2010, às 09h33 - Atualizado às 20h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O diretor Marcos Jorge - Divulgação
O diretor Marcos Jorge - Divulgação
Às vésperas de lançar Corpos Celestes, seu segundo filme dirigido em parceria com Fernando Severo, o cineasta curitibano Marcos Jorge já está cheio de novos projetos para a carreira. O diretor que conquistou o público de todo o Brasil com seu primeiro longa-metragem, Estômago, lançado em 2008, promete não parar mais. "Meu primeiro trabalho me trouxe muitas alegrias e acelerou a produção de outros projetos. As coisas estão dando certo, é um momento extremamente positivo para mim", disse em conversa com o Portal CARAS. Recém chegado da Europa, onde lançou Estômago em Lisboa e Paris, Marcos já planeja novos filmes. "O primeiro deles, 'Dois Sequestros', deve ser filmado também em Curitiba, mas esta localização ainda depende de vários fatores", adiantou. Outra novidade que vem por aí é a adaptação para o cinema do livro Os velhos marinheiros, de Jorge Amado, que ele deve fazer para a Warner Bros. Com tantos projetos em andamento, a vida do diretor se divide entre Curitiba, sua cidade natal, e São Paulo, para onde tem viajado frequentemente a trabalho. "Tenho uma casa aqui e outra lá. Acabo passando muito tempo nas terras paulistas, mas, amo Curitiba e não consigo ficar muito tempo longe, principalmente porque minha família está aqui", explicou o cineasta, que aproveita o pouco tempo que tem livre para curtir o filho Pedro, de 7 anos. Realizado, Marcos Jorge ainda festeja outra conquista. Seu recém lançado Corpos Celestes, foi selecionado pelo prêmio Petrobrás Cultural e terá exibições em todo o país a partir de setembro. No elenco, o ator Dalton Vigh interpreta o protagonista, o astrônomo Francisco, ao lado da pernambucana Carolina Holanda. "Sem dúvida é um honra e um momento muito legal da minha carreira", pontuou.