Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Malvino Salvador: 'Estou apaixonado'

Durante conversa com Marília Gabriela, Malvino Salvador revela que está feliz com a namorada, a atriz Sophie Charlotte, e fala do início da carreira

Redação Publicado em 19/07/2010, às 15h10 - Atualizado às 19h40

Malvino Salvador - Márcia Alves
Malvino Salvador - Márcia Alves
O romance que começou nos bastidores da novela Caras & Bocas, da Globo, está indo muito bem para o casal de atores Malvino Salvador e Sophie Charlotte. Durante conversa com Marília Gabriela, para o programa Marília Gabriela Entrevista, do GNT, ele revelou que está em uma fase estável e feliz. "Estou apaixonado... Nada nela me incomoda!", afirmou o convidado. A apresentadora ainda perguntou sobre a primeira filha dele, Sofia, de 11 meses, de relação anterior, e Malvino elogiou muito a mãe da garotinha. "Ela é uma mãe maravilhosa. Fico seguro de saber que minha filha está sendo bem criada", contou. Mas não foi somente sobre vida pessoal que os dois conversaram. Eles também falaram sobre a profissão, principalmente o começo da carreira de Malvino, natural de Manaus, como modelo. "Participei de um desfile em Manaus e um booker me perguntou se eu não queria fazer um desfile aqui em São Paulo. Falei com meus pais, que a princípio ficaram preocupados, mas me deram força", disse ele. Já sobre ser ator, Malvino começou estudando no curso de Wolf Maya. "Fiz um teste com outros dez bailarinos. Então pensei 'aqui sou apenas mais um, tenho que aparecer, ser abusado...' , foi quando puxei a roupa de dança fazendo um fio dental, virei o bumbum para a plateia e comecei a rebolar. Os convidados do Wolf aplaudiram muito... Foi minha primeira experiência com o despudor fundamental que o ator tem que ter na profissão", afirmou. O artista também revela que é uma pessoa pilhada, e liga isso à sua infância no Amazonas. "Fui criado solto, com liberdade. Convivia com todo tipo de gente, nossos vizinhos eram na maioria estrangeiros apaixonados pela Amazônia. Eu lembro de um sueco que era casado com uma sul-africana e o filho deles era um garotinho sul-coreano adotado. Era uma pequena ONU", lembra. O programa está previsto para ir ao ar no domingo, 25.