Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Felicidade de Lula na festa de 15 anos de Maria Beatriz

Presidente se comove ao dançar a valsa no Baile de Debutantes de sua neta em SC

Redação Publicado em 22/06/2010, às 11h29 - Atualizado em 23/06/2010, às 02h45

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Bia recebe o carinho de Lula e dos pais, Lurian e Marcelo. - FOTOS: FERNANDO WILLADINO
Bia recebe o carinho de Lula e dos pais, Lurian e Marcelo. - FOTOS: FERNANDO WILLADINO
Acostumado a participar das mais sofisticadas recepções ao lado de reis e chefes de Estado em todo o mundo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (64) se comoveu com uma festa em especial: os 15 anos de sua neta Maria Beatriz Lula da Silva Sato Rosa (15). Filha da jornalista e secretária de Assistência Social do município de São José, SC, Lurian Cordeiro Lula da Silva (36), e do assessor parlamentar Marcelo Sato Rosa (36), Bia, como a adolescente é chamada carinhosamente pela família, não escondeu a felicidade com a presença do avô ilustre, que abriu espaço em sua atribulada agenda para comparecer ao début. "Estou muito feliz em conseguir reunir os meus amigos e familiares, em especial o meu avô, em uma festa tão bonita", vibrou a jovem. O evento, no salão do Golden Executive Hotel, em São José, na grande Florianópolis, começou com uma apresentação de balé da aniversariante, ao som da música Beatriz, de Edu Lobo (66) e Chico Buarque (66), que gravou um depoimento de parabéns para ela exibido no telão. Pela primeira vez, o presidente assistiu à performance da neta e se encantou. Após trocar a roupa de bailarina por um vestido longo tomara-que-caia de tule francês com aplicações de flores de seda, a debutante dançou a valsa com o pai. Em seguida, foi a vez de o político conduzir a neta ao som do hit A Bela e a Fera, na voz de Céline Dion (42). Comovido, Lula presenteou Bia com um anel de brilhantes. "Meu avô me disse que, depois de tantas valsas, essa foi a que mais o deixou emocionado", comentou a homenageada. "Apesar de sua agenda cheia, meu pai conseguiu um tempo para dar um afago na família", disse Lurian. "Aqui, ele não era o presidente da República, mas sim o avô da Bia. Foi difícil conter as lágrimas", completou ela.