Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Luigi: alegrias e medos de ser pai

Prestes a comemorar o Dia dos Pais, Luigi Baricelli fala sobre a paternidade

Redação Publicado em 07/08/2009, às 14h07 - Atualizado às 14h11

Vittorio, Andreia, Luigi, Vicenzo e Rubia - Arquivo CARAS
Vittorio, Andreia, Luigi, Vicenzo e Rubia - Arquivo CARAS
Aos 37 anos de idade e uma carreira consolidada na Globo Luigi Baricelli só tem o que comemorar. Ainda mais com a linda família que formou. Casado há 16 anos com Andreia, o ator e apresentador é pai de Vittorio, 11 anos, Vicenzo, 7 anos, e Rúbia, 18 anos, esta de uma relação anterior. Com o Dia dos Pais chegando - 9 de agosto - Luigi conversou com o Portal CARAS e falou sobre as mudanças que a paternidade traz para a vida. Confira a entrevista. - Para você o que é ser pai? - Ser pai é acordar às 6h da manhã, tomar café da manhã com os filhos, depois os levar à escola... É dizer sim para muitas coisa e saber dizer não para outras, impor limites, ensinar as regras básicas de bom convívio em sociedade, como por exemplo, a dizer obrigado, por favor, com licença e desculpe-me. Ser pai é acompanhar o que acontece dentro e fora da escola, praticar esportes, ir à praia, andar de kart, jogar vídeo game, brincar de pegar, etc. E antes de tudo, ser pai é ser amigo! - O que mais mudou em sua vida depois da chegada dos filhos? - Tudo mudou! Você passa a ter um 'porque' para tudo aquilo que você conquista. Depois de ser pai passei a ter medos de algumas coisas de risco e coragem para enfrentar o que for preciso por eles. O que é certo, é que a responsabilidade é grande, não é brinquedo não... - Pensa em aumentar a família? - Fiz vasectomia no ano passado porque a Andreia e Eu decidimos que não vamos mais ter filhos. Tenho 3! Está bom demais. - Como vai comemorar o Dia dos Pais? - Pretendo passar sendo bem paparicado pelos meus filhos, quer coisa melhor? - Qual presente gostaria de ganhar na data? - Não tenho idéia...Gosto muito dos presentes que eles fabricam, é sempre uma grande surpresa. Já me deram porta controle-remoto, porta-retrato, camisetas com as mãozinhas deles, com frases, jogo da velha feito de feltro... Tudo feito por eles.