Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS

Luciano fala sobre desentendimento com Zezé: 'Não vamos parar de jeito nenhum'

Após briga e internação, Luciano volta atrás em sua declaração e afirma que continuará ao lado do irmão, Zezé Di Camargo, na música

Redação Publicado em 01/11/2011, às 18h57 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Luciano e Zezé Di Camargo - Manuela Scarpa/PhotoRioNews
Luciano e Zezé Di Camargo - Manuela Scarpa/PhotoRioNews

Parece estar tudo bem comZezé Di Camargo (49) e Luciano (38). Na primeira entrevista depois da briga da semana passada, os irmãos da dupla sertaneja garantiram nesta terça-feira, 1º, que continuam juntos. "Não vamos parar de jeito nenhum. Não estou saindo fora, pelo amor de Deus!", disse Luciano. Ele participa, com Zezé, do Programa do Jô que vai ao ar esta noite, na Globo.

A gravação começou com Zezé e Luciano cantando No Dia em que Eu Saí de Casa, e não faltaram brincadeiras sobre o possível fim da dupla. Luciano até fez piada sobre a permanência na música. "Vou colocar uma cláusula no contrato com o Zezé: 'Por favor, não me faça mais chorar'", disse. Durante a entrevista, houve uma pausa para que a dupla interpretasse a música O Portão, de Roberto Carlos, cujo refrão diz “Eu voltei, agora prá ficar. Porque aqui, aqui é meu lugar”.

A crise de Zezé di Camargo & Luciano começou na quinta-feira, 27, antes de um show em Curitiba (PR). Zezé subiu ao palco sozinho após uma discussão no camarim. O irmão mais novo, que chegou a ir embora para o hotel, voltou meia hora depois com a bomba. Disse que, a partir de 2012, não faria mais parte da dupla. "Nunca tivemos uma discussão forte nesses 20 anos de carreira. Naquele dia, nós discutimos e saí. Zezé não sabia que eu tinha ido embora", contou Luciano. "Quando voltei, peguei meu irmão de surpresa, e também o público e o Brasil todo", disse. "Levei um susto. Quase caí de costas", afirmou Zezé, sobre o momento em que Luciano subiu ao palco para declarar que a dupla chegaria ao fim.

Segundo a versão dos sertanejos, a briga teria acontecido por um motivo aparentemente bobo: Luciano queria receber os convidados antes da apresentação; Zezé, depois. A causa da discussão, entretanto, não foi questionada por Jô Soares (73) durante a entrevista.

Na manhã de sexta, 28, Luciano deu entrada em um hospital de Curitiba, e foi encaminhado para a UTI. Ele estava com quadro de hipocalemia aguda, em que há redução dos níveis de potássio no sangue. Em casos extremos, o problema pode causar parada cardíaca. "Tenho retenção de líquidos, e tomo remédio, um diurético. Junto com esse remédio, eu tinha que tomar o potássio, mas não tomei. Depois, tomei uísque e um remédio para dormir", contou. Naquela noite, enquanto o irmão estava internado, Zezé se apresentou sozinho em Curitiba.

Luciano teve alta da UTI no sábado, 29, e deixou o hospital no final da manhã do dia seguinte. Voltou para casa, em São Paulo, para descansar. A Jô Soares, o cantor disse que ainda não assistiu ao vídeo com a declaração no palco. "Veja, porque é bem ridículo", brincou o apresentador.

O Programa do Jô com Zezé di Camargo & Luciano vai ao ar a 0h50, depois do Jornal da Globo. A dupla se apresenta no Rio de Janeiro, nesta sexta, 4, e sábado, 5. Ainda em novembro, os sertanejos fazem shows na capital paulista, nos dias 17 e 20.