Lívian Aragão dirige clipes e desenha seus próprios modelos de roupa

domingo 28 abril, 2013
Lívian Aragão
Lívian Aragão Cadu Pilotto


Herdeira de Renato Aragão, Livian Aragão diz que está fazendo novela para se "desgrudar" do pai, conta que além de atriz tem lado estilista e que se diverte dirigindo clipes de música com as amigas

Estrela dos filmes do pai, Renato Aragão (78), Lívian Aragão (14) cresceu nos sets de filmagens e se acostumou desde menina a ser reconhecida como filha do humorista. Agora, ela experimenta pela primeira vez o gostinho de ser reconhecida por seu trabalho. “Ainda não caiu a ficha. Quando me vi na novela pela primeira vez, fiquei nervosa”, admite Lívian, que acaba de estrear em folhetins em Flor Caribe.

A jovem conta que o pai tem sido um mestre. “É muito legal escutar, ver com ele, escutar o que ele tem para falar. Ele primeiro sempre olha como um pai coruja, mas depois a gente vê de novo no computador e ele fala o que gostou mais, o que não gostou tanto”, diz ela.

Lívian Aragão ainda vai surpreender muito. Assim como o pai, ela apresenta inúmeros talentos. A menina vem demonstrando uma veia de diretora até então desconhecida. “Eu fico viciada numa música, fico escutando e tenho uma ideia para um clipe. Então chamo minhas amigas e gravo alguma coisa. É algo descontraído, mas acaba ficando profissional. O pessoal está gostando”, conta. A ‘brincadeira’ já gerou várias vizualizações no You Tube.

E a criatividade da herdeira do humorista não para por aí. A jovem tem revelado talento também como estilista. Além de customizar as roupas, ela desenha modelos para ela e para as amigas. “Tenho um lado estilista, eu gosto muito de moda”, admite Lívian, que recebeu CARAS Online com exclusividade no escritório que o pai montou especialmente para ela na produtora Renato Aragão, na Barra da Tijuca, no Rio. “É a primeira vez que entro aqui e achei que ficou muito bonito. Quase tudo é novidade para mim”, disse ela, surpresa com o resultado de mais um mimo do humorista para ela. Veja a seguir a entrevista que Lívian concedeu à CARAS Online.

Primeira novela

“Ainda não caiu a ficha. Estou me acostumando com esse novo ritmo de gravação, escola, entrevista. Desde pequena era um ritmo acelerado, mas agora tem mais coisa. Quando eu me vi na novela pela primeira vez, fiquei nervosa. Fiquei olhando o que poderia melhorar, o que foi legal. A gente se critica, mas sempre tentando melhorar. O retorno está ótimo, estão todos gostando, meus amigos estão me assistindo, os amigos dos meus pais, os que me conhecem. Eu estranhei um pouco não estar lá com meu pai e é um ritmo diferente, mais rápido. Na escola o assédio não aumentou. Eu estudo nessa lá desde pequena, tem um monte de filho de artista. Estão acostumados”.

Diretora de clipes

“Eu fico viciada numa música, fico escutando e tenho uma ideia para um clipe. Então chamo minhas amigas e gravo alguma coisa. É algo descontraído, mas acaba ficando profissional. O pessoal está gostando. Tem várias visualizações no You Tube, dá muito acesso e os comentários são muito legais. Tem gente que até dá sugestão para outros clipes. Mas eu sou meio chatinha quando vou dirigir. Eu tenho a ideia, eu dirijo, eu faço. Mas também não faço tudo sozinha. Peço a ajuda dos meus amigos, pergunto o que eles acham, aceito sugestão e tento encaixar com as minhas ideias. Quem quiser pode ver todos no meu site, www.livianaragao.com.br”.

Estilista amadora

“Gosto de pegar uma roupa velha e fazer alguma coisa. Corto manga, corto aqui e ali para ficar diferente, coloco tachinha. Adoro customizar minhas roupas. Aprendi sozinha mesma. Eu uso, fica bem legal. Também gosto de desenhar roupas, às vezes mando fazer a roupa que desenhei e minhas amigas pedem para eu desenhar roupas para elas também. Tenho um lado estilista, eu gosto muito de moda. Tem um vestido que mandei fazer que adoro, com tachinhas no ombro. Estou sempre desenhando roupas. Já tenho vários caderninhos com meus desenhos. E tachinha eu adoro, tenho coleção. Pulseira, sapato, blusa, jaqueta, acessórios. Moda vem e volta e é por isso que eu acompanho a minha própria moda. Meu estilo é mais rock. Procuro saber o que está na moda, mas uso só o que eu quero, o que acho legal. Acompanho as tendências em revistas, sites e na rua mesmo. Acho interessante. É muito o olho mesmo”.

Curso de interpretação em Nova York

“Tenho uma amiga americana que há três anos me falava do curso de interpretação em Nova York, mas meu pai ainda não queria que eu fosse, minha mãe (Lilian Aragão) queria que eu estudasse mais. No começo do ano passado ela falou de novo do curso e nessa hora eu queria muito ir. Já tinha pesquisado e vi que a Natalie Portman (31), o Robert Downey Jr. (48) e outros se formaram lá. Meu pai disse que eu já tinha insistido muito e que tinha chegado a hora de ir. Viajei com minha mãe,  ela ficou em Nova York e eu fiquei no curso.

Pai e mestre

“Meu pai não perde nenhum capítulo da novela, está sempre assistindo e comentando sobre as cenas, comenta sobre tudo. É muito legal escutar, ver com ele, escutar o que ele tem para falar. Ele primeiro sempre olha como um pai coruja, mas depois a gente vê de novo no computador e ele fala o que gostou mais, o que não gostou tanto. Sempre tem uma coisa nova, algo que posso aprender com ele. Mas não passo texto com ele. Estou fazendo esse trabalho justamente para desgrudar dele. Claro que vou querer fazer filmes com meu pai ainda. Não estou dizendo que não vou fazer mais nada com ele, mas tendo outros trabalhos, também vou fazer”.

A primeira vez longe dos pais

A primeira vez que fiquei tanto tempo longe dos meus pais, foi de junho a julho do ano passado. O curso de interpretação durou um mês e os alunos não podiam ver os pais, só nos dois últimos dias de apresentação. Mas foi bem legal. Além de aprender uma porção de coisas do curso, aprendi outras coisas como falar com outras pessoas, socializar. Eu fiquei num quarto com cinco garotas, elas foram muito legais comigo e eu era a única brasileira do curso. Fiquei com um pouco de receio sobre como iriam me tratar, mas acabou que foi o contrário, queriam saber como era o Brasil e ficaram com vontade de vir para cá. No final, consegui vaga para mais cinco anos por causa do meu desempenho. Os alunos que vão se formar no curso pegam os papéis principais. A diretora falou que só não peguei porque tinha que ser deles. Eu fui a terceira principal. Tinha troféu de reconhecimento e eu acabei ganhando um também”.

Nada de gatinhos

“Não tenho pressa para ser adulta. Acho que tudo tem seu tempo. Vou curtindo aos poucos. Claro que vou com um pezinho sempre olhando para frente, mas nada que não seja de acordo com a minha idade. Acho que vou morar sozinha quando for mais velha, mas vou morar perto deles, vizinha. Sempre irei na casa deles, ficar com eles um pouquinho. É pai e mãe! Mas não tenho muita pressa para isso. Por enquanto é com meus pais mesmo que vou ficar. Hoje estou trabalhando e estudando e está ótimo. Gatinho nem pensar! Minha mãe e minhas amigas comentam que alguém me paquerou, mas eu nem percebo nada disso. Nunca fiquei a fim de nenhum garoto. Um que eu acho bonito é o Zac Efron. Mas ele não seria o príncipe da minha festa de 15 anos. Eu não tenho muito essa coisa de príncipe. Acho que provavelmente seria um dos meus amigos”.
 

Atualizado sexta 10 maio, 2019 (229383)

Mais conteúdo sobre:

ASSINE E GANHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS