Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Leonardo Miggiorin será um professor de física na nova temporada de 'Malhação'

Leonardo Miggiorin volta ao vídeo na nova temporada de 'Malhação' que começa na segunda-feira 13. O ator interpretará um professor de física e usará um figurino no estilo anos 70

Redação Publicado em 08/08/2012, às 16h02 - Atualizado às 16h10

Leonardo Miggiorin - Gianne Carvalho
Leonardo Miggiorin - Gianne Carvalho

É na pele de Leandro, um professor de física, tímido e atrapalhado, que Leonardo Miggiorin (30) vai aparecer no vídeo na nova temporada de Malhação, que estreia na segunda-feira 13, na Globo. Animado com o novo trabalho, Miggiorin conta que na adolescência era considerado um nerd típico. Seu apelido era Pasta, tudo porque ele tinha o cabelo ondulado e esticava os fios para o lado.  “Penteava de um jeito que ficava uma maçaroca do lado. Sempre odiei esse apelido, é a primeira vez que estou contando”, revela com bom humor.

Era muito bicho do mato, CDF, tímido, caxias, sentava na primeira fileira, usei aparelho ‘freio de burro’ uma época, era o típico adolescente desencontrado”, conta, aos risos. Miggiorin até gostava de química e física, ia para os laboratórios, mas curtia mesmo as aulas de artes, literatura, tanto que fez o segundo grau técnico em artes cênicas.

Leonardo aparecerá na telinha usando um figurino no estilo anos 70, calças de brechó e cabelo desarrumado. “Ele pede para os alunos fazerem robôs, é aquele geniozinho que fica pensando, físico, matemático, que vive no mundo dos números, dos cálculos e por isso se atrapalha um pouco nos relacionamentos”, adiantou.

O ator, que já deu aulas de teatro para adolescentes, usou a experiência para construir a postura do professor Leandro em sala de aula. “Ter essa vivência, que tive durante o estágio da minha faculdade de psicologia, funciona muito, já adquiri postura para interpretar um professor. Mas ele é o mais contido possível, porque tem momentos de muita timidez, outros em que se atrapalha e momentos em que se empolga dando aula”, adianta.