Léo Santana lembra início no Parangolé: 'Não acreditavam em mim'

Em entrevista no 'De Frente com Gabi', Léo Santana lembrou de quando vendia frango na praia e disse que não pretende deixar o Parangolé

Publicado quinta 4 abril, 2013

Em entrevista no 'De Frente com Gabi', Léo Santana lembrou de quando vendia frango na praia e disse que não pretende deixar o Parangolé
Léo Santana e Marília Gabriela - Carol Soares / SBT

Léo Santana (24), vocalista da banda Parangolé, lembrou dos momentos difíceis de sua infância e adolescência em entrevista a Marília Gabriela (64), no De Frente com Gabi. "Já trabalhei fazendo coquetéis em bar e trabalhei vendendo frango assado na praia", contou no programa que será exibido no próximo domingo, 7.

O artista disse ainda que foi muito gordo na infância e que começou a malhar aos 12 anos, e que se considera vaidoso "no limite que o homem deve ser".

Prestes a completar 25 anos, Léo revela que sofreu preconceito quando entrou na banda, em 2009. Ele é o quinto vocalista do grupo baiano e estourou com o hit Rebolation. "Eu entrei e fui discriminado demais. Não acreditavam em mim".

O cantor disse também que é fácil alcançar o sucesso, mas é difícil mantê-lo, e que não está em seus planos deixar o Parangolé."Não pretendo sair nem da produtora e nem me desvincular da banda".

O bate-papo vai ao ar a meia-noite, após o Programa Silvio Santos, no SBT.

Último acesso: 02 Jun 2020 - 19:13:51 (228212).