Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Leo Maia e Luciana apresentam o filho

Leo Maia, filho de Tim Maia, dá as boas vindas ao filho Bentinho ao lado da esposa Luciana Palhares

Redação Publicado em 01/11/2011, às 19h43 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

A felicidade do cantor com Antonio Bento. Na maternidade, em SP, Leo e a mulher, Luciana, com o primogênito, Jorge, e o novo integrante do clã. - Marco Pinto/Savona
A felicidade do cantor com Antonio Bento. Na maternidade, em SP, Leo e a mulher, Luciana, com o primogênito, Jorge, e o novo integrante do clã. - Marco Pinto/Savona

No dia 27 de outubro, o clã musical Maia acordou mais feliz. Filho de Tim Maia (1942-1998), o também cantor e compositor Leo Maia (35) e a mulher, Luciana Palhares (36), deram calorosas boas-vindas ao segundo herdeiro, Antonio Bento, que veio ao mundo por cesariana com 3,290kg e 49cm. Ainda na maternidade Pro Matre Paulista, em SP, o casal, pai ainda de Jorge (7), apresentou o bebê com exclusividade à CARAS.

“Foi uma emoção, um momento lindo. Fiquei mais nervoso que minha mulher. Achei Bentinho a minha cara. Na verdade, é uma mistura. A parte mais bonita é dela; a mais forte, minha”, define Leo. “Estou inspirado em fazer tudo dar certo, em ser um cara que vai ver os bisnetos. Meu pai se foi muito cedo, mas estou conseguindo construir a minha vida e uma árvore familiar linda, com música e arte, como ele fez”, acrescenta o carioca radicado na capital paulista. “Antonio Bento chegou para deixar nossa casa ainda mais alegre. Ele é bem calminho. Vamos ver se continua assim”, diverte-se a doce Luciana.

Juntos há quinze anos, eles não descartam aumentar a prole. “Se Deus me mandar outro, vou achar ‘maneiro.’ Por mim, monto uma banda. Se vier menina vai ser uma Rita Lee: atitude pura”, diz o cantor. “Jorge também está ‘amarradão.’ A gente trabalhou o fato de ele ser o mais velho, de proteger, de ensinar as malandragens para o irmão. Afinal, é um Maia. Meu pai me passou a malandragem, que, lá em casa, é a música. É um ensinamento de geração para geração”, conclui Leo.