CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil

LAURA PROENÇA E RAFAEL ICAZA

PIANISTA MIGUEL PROENÇA CASA A FILHA, A 'VESGA' DE DUAS CARAS

Redação Publicado em 14/04/2008, às 16h52

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Com os pajens Diego e Lucas, à frente, a noiva e o pai, Miguel Proença - Carol Feichas e Ricardo Leal
Com os pajens Diego e Lucas, à frente, a noiva e o pai, Miguel Proença - Carol Feichas e Ricardo Leal
por Carlos Lima Costa e Carla Knoplech A atriz Laura Proença (27), intérprete da Vesga da novela Duas Caras, sempre sonhou entrar em uma igreja de véu e grinalda. Filha do pianista Miguel Proença (69), ela viu seu desejo realizar-se no sábado, 5, quando se uniu ao empresário do mercado financeiro Rafael Zingales Icaza (27), seu namorado desde dezembro de 2005. A cerimônia foi celebrada pelo padre Jorjão (46) na Igreja Nossa Senhora de Bonsucesso, no Centro do Rio. "A vida inteira sonhei com este dia e foi emocionante. Achei o homem da minha vida. Rafael é diferente de todos que conheci, não só pelo caráter, mas pela forma como é carinhoso. É o tipo de quem se fala 'este é para casar'. É um homem com H maiúsculo, que compreende minha profissão e me dá a maior força. Como é bom filho, não tenho a menor dúvida de que será muito bom marido", vibrava a noiva, que usou vestido de seda com renda francesa assinado por Lis Machado (54) e um terço de ouro e cristais, presente que a sogra, Gabriella Icaza (57), trouxe do México. Após chegar com o pai em uma BMW à igreja decorada com lírios brancos, Laura foi levada até o altar ao som da Marcha Nupcial, de Mendelssohn (1809-1847), tocada pela orquestra Sesi Fundarte, do Rio Grande do Sul. O momento da troca de alianças - em ouro branco, da H. Stern - teve uma emoção especial para a família e os convidados: o próprio pai da noiva tocou Andante da Sonata para Cello e Piano, de Sergei Rachmaninoff (1873-1943). A canção foi tema de Alma, personagem dela em Isadora Duncan - É Dançando Que A Gente Se Aprende, peça que rendeu a Laura o convite de Aguinaldo Silva (63) para atuar na atual trama das 8 da Globo. "Meu pai é o meu maior incentivador. Ele torce por mim o tempo inteiro", garante a atriz. "Adoro meus três filhos, mas ela, desde criança, é muito chegada a mim. Levantava, me dava beijo. Conhece bem minhas emoções. Sabe quando estou alegre ou triste. Vou sentir muito a ausência da Laura no dia-a-dia. Rafael é um rapaz maravilhoso que vai fazê-la feliz, mas fica um buraco grande no meu coração. Chorei o dia inteiro e não me contive na cerimônia", contou o pianista, que em 30 de junho se apresenta pela primeira vez no Carnegie Hall, em Nova York. Romântica, Laura sonha com um destino parecido ao dos seus pais, Miguel e Marly (68), que são casados há 42 anos. "Tanto eu quanto o Rafa temos essa base maravilhosa em nossas famílias. Sou tradicional mesmo e quero essa vida eterna ao lado dele", disse a noiva. Foi justamente por esse lado conservador de Laura que ela e Rafael não foram viver juntos antes da oficialização da relação. "Eu já morava sozinho. O melhor do mundo seria se já vivêssemos juntos. Todo mundo pensa que artista é liberal, mas ela é conservadora como a família. Então, apenas nos finais de semana nós brincávamos de casinha. Estamos juntos há pouco mais de dois anos e o nosso relacionamento está longe de cair na monotonia", garantiu Rafael, que já faz planos para aumentar a família. "Desejamos ter dois filhos, um casal. Mas queremos primeiro curtir o casamento uns três anos. Depois que você tem filho, sua atenção fica dividida. Mas se acontecer antes, ele será muito amado", acrescentou o noivo. Após a cerimônia, os noivos receberam os 700 convidados em recepção no Museu Histórico Nacional, onde Laura foi parabenizada por companheiros de elenco de Duas Caras, como o ator e diretor Wolf Maya (56), que chegou acompanhado da atriz Luciana Pacheco (24). Também estavam presentes os atores Oscar Magrini (46), Juliana Alves (25), Débora Nascimento (22), Leona Cavalli (38) e Mara Manzan (55), que deixou a novela recentemente para tratar da saúde e, no próximo dia 16, será operada para a retirada de um câncer no pulmão. "Desejo a Laura todo o amor do mundo. Ela está uma noiva linda", disse Wolf. "O diálogo é o que preserva uma relação e eu espero que a Laura seja muito feliz", acrescentou Magrini. No local, os convidados dançaram ao som do grupo Monobloco e provaram os pratos do bufê Demar, como pato assado com molho reduzido de pêras e ravióli de ricota com molho de quatro queijos. Os noivos deixaram o museu às quatro da manhã, uma hora antes do fim da festa, com cerimonial de Ricardo Stambowsky (60), e seguiram para o Copacabana Palace, onde passaram a noite. A lua-de-mel na Itália e Grécia foi adiada para depois da novela, no fim de maio.