Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Keila Lima: ‘Eu não alfinetei ninguém’

Em entrevista à CARAS Online, a apresentadora Keila Lima disse que não teve a intenção de ofender a colega Daniela Albuquerque durante seu discurso de despedida do programa Manhã Maior, da RedeTV!

Redação Publicado em 31/08/2011, às 21h38 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Keila Lima é ex-apresentadora do programa Manhã Maior, da RedeTV! - Fabio Guinalz/AgNews
Keila Lima é ex-apresentadora do programa Manhã Maior, da RedeTV! - Fabio Guinalz/AgNews

A apresentadora Keila Lima (42) se despediu da RedeTV! nessa terça-feira, 30, com um discurso ao vivo no programa Manhã Maior que causou desconforto na emissora. Em entrevista à CARAS Online, ela afirmou que não teve a intenção de ofender a colega Daniela Albuquerque (29). “Eu não alfinetei ninguém! Eu queria agradecer a Daniela porque enquanto eu ensinei, eu aprendi também. Disseram que a gente brigou, mas é maldade das pessoas, somos amigas”, se defendeu.

Durante o programa, Keila agradeceu a oportunidade de ter passado seu conhecimento em televisão para Daniela, o que achou um grande desafio. Porém, se defendeu dizendo que não quis denegrir a imagem da colega. “Ela é extremamente esforçada, queria aprender mesmo. Não era uma coisa pejorativa, tipo ‘ah, você não sabe nada’. Foi uma sensação de dever cumprido. Foram cinco anos, a gente tem uma história”.

Assim que começou seu discurso, a apresentadora tirou o ponto, pelo qual recebe informações da produção, deixando a impressão de que estaria sendo orientada a parar de falar, mas ela nega. “Eu tirei o ponto porque eu sou uma pessoa extremamente emotiva e eu não queria que eles falassem algo que me fizesse chorar. Era um discurso pessoal e não tinha necessidade, mas eles não estavam falando nada”, comentou.

Keila também agradeceu à produção, que “trabalha muito com pouco recurso”. Mas, segundo ela, também não houve má intenção no comentário. “É um programa ao vivo de duas horas e com uma verba bem menor que a Rede Globo ou a Record. Eu falei da nossa produção que trabalha com amor, mesmo com pouco dinheiro”, disse.

A apresentadora disse ainda que ficou chateada com a saída da emissora, “Eu ia trabalhar com o maior prazer, era a extensão da minha casa”, mas que está em negociação com duas emissoras e o incidente não irá dificultar seu futuro na televisão. “Eu acho que não vai atrapalhar, foi só uma despedida, quem assiste o vídeo vê que foi maldade das pessoas”, concluiu otimista.