Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Katy Perry diz que não precisa mais de príncipe encantado para ter um final feliz

Redação Publicado em 30/07/2012, às 15h17 - Atualizado em 06/08/2012, às 10h28

Katy Perry no Rio - Felipe Panfili/AGNews
Katy Perry no Rio - Felipe Panfili/AGNews
Katy Perry disse em entrevista na tarde da segunda-feira 30, no Hotel Fasano, no Rio, que o documentário 'Katy Perry - Part of Me', em que mostra os bastidores de sua última turnê, servirá de inspiração para as pessoas se reerguerem após uma separação e afirmou que não precisa de príncipe encantado para ser feliz.

Com 50 minutos de atraso e usando um Valentino com estampa animal print pink, Katy Perry (27) chegou à coletiva de imprensa no Hotel Fasano, no Rio, para falar sobre o documentário Katy Perry - Part of Me. Antes de começar a responder as perguntas dos jornalistas, a cantora pediu desculpas pelo atraso e justificou o motivo. "Não tenho conseguido  dormir graças aos sons maravilhosos que entram no meu quarto e me mantêm acordada até às 5h30 da manhã.", disse, referindo-se aos dezenas de fãs que estão na porta do hotel desde a sua chegada na cidade, na manhã do domingo 29. "Mas eu amo isso", completou.

A cantora elogiou o comportamento dos fãs brasileiros. "São os meus fãs mais apaixonados. Os brasileiros são dedicados e intensos de um jeito amável.  A minha timeline no twitter está sempre repleta de respostas em português. No filme, vocês podem ver que os brasileiros me apoiaram em um momento em que eu estava precisando, sempre voltarei ao Brasil", disse, recordando o show que fez em São Paulo, no final do ano passado, quando soube, poucos momentos antes de sua apresentação, que Russel Brand, seu ex-marido, estava entrando com o pedido de divórcio. No filme, Katy aparece arrasada, chorando muito e quase sem forças para subir ao palco. Ela lembrou o instante em que os fãs começaram a gritar ' Katy, eu te amo'.

"Naquele momento eu precisava de suporte, e recebi isso no Brasil. Eles me deram apoio, cobertura. Aquele gesto foi a cola que eu precisava para juntar os meus pedaços. O timing foi perfeito. Quando soube que íamos divulgar o filme em vários lugares, eu fiz questão de vir aqui. Sempre que tiver novidades pra divulgar, virei aqui" prometeu. Ela contou porque decidiu não cancelar o show de São Paulo. "O que eu estava passando não era problema da plateia. Seria egoísta de minha parte. Eles esperaram tanto tempo e eram só duas horas de show. Não podia puni-los com algo que não era culpa deles".

A cantora ressaltou que não seria verdadeira se omitisse esse momento de seus fãs, mesmo que as imagens mostrem ela abalada e chorando. Katy acredita que o filme dará coragem as pessoas que estão passando pela mesma situação que ela viveu. "Quero que as pessoas pensem: se ela consegiu ultrapassar essas dificuldades e se reerguer, eu também consigo".  Ela afirmou que continua acreditando em conto de fadas, porém de uma maneira diferente."Agora sei que posso fazer o meu prórpio final feliz, não preciso mais de príncipe encantado para isso", afirmou.

Katy Perry contou que partiu dela a decisão de exibir as imagens em que aparece chorando. Ela diz ter pensado em como seus fãs reagiriam se vissem o filme sem que o divórcio fosse mencionado. "Se censurasse essa parte do filme, as pessoas pensaraiam: o que a Katy está tentando esconder? Não sou esse tipo de pessoa. Gosto de apontar o elefante dentro do cômodo. Ele não vai achar legal porque foi muito difícil, mas o filme é sobre superar obstáculos. Nele você me vê superando alguns obstáculos pelo menos três vezes. Quando apareço no filme subindo naquele elevador, serve como metáfora. Tive que me  reerguer", disse.

Katy só se mostrou um pouco irritada quando perguntaram sobre o suposto romance que ela estaria vivendo com o cantor John Mayer. Questionada se a música Your Body Is a Wonderland, maior sucesso dele, funcionaria com ela, respondeu: "Teria funcionado se eu tivesse 15 anos", afirmou, encerrando o assunto.

A cantora falou ainda sobre a possibilidade de se tornar atriz.  "Deve ser divertido, mas eu teria que estudar, me dedicar e ter cuidado porque há atrizes maravilhosas por aí e eu não gostaria de constrangê-las com minhas terríveis habilidades", brincou.