Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Jurados fazem balanço da primeira edição do ‘The Voice Brasil’

Lulu Santos, Claudia Leitte, Carlinhos Brown e Daniel comentam o que acharam da primeira temporada do 'The Voice Brasil', e o apresentador Tiago Leifert já pensa na segunda edição

Redação Publicado em 16/12/2012, às 22h45 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Lulu Santos, Claudia Leitte, Carlinhos Brown e Daniel - Raphael Mesquita/ FotoRioNews
Lulu Santos, Claudia Leitte, Carlinhos Brown e Daniel - Raphael Mesquita/ FotoRioNews

A primeira temporada do The Voice Brasil cumpriu a promessa de sucesso, assim como acontece nos Estados Unidos, na Inglaterra e na Holanda – país responsável pela criação do formato. Mas para Claudia Leitte (32), a versão da Rede Globo superou as edições estrangeiras.

“Lá fora a galera é muita metódica e aqui tem muito mais emoção e com o padrão Globo, onde tudo o que a gente sonha acontece. Mas a emoção do brasileiro ninguém tem. Conseguimos algo que se consegue só no olho do furacão, a liberdade para se expressar e fazer a música acontecer e isso fez o programa muito mais intenso e especial e com muita qualidade”, afirma a cantora.

Carlinhos Brown (50), mentor da vencedora do reality, Ellen Oléria (30), concorda com a Claudia. “‘O The Voice’ demonstra a capacidade de produção musical do Brasil e a qualidade dos artistas que não estão na cena”, diz o artista, que não deixa de elogiar sua pupila que levou o prêmio de R$ 500 mil mais um contrato com a Universal Music. “Ellen é como se fosse o Pelé da voz. A voz dela arrepia mesmo e é uma voz pura. Desde o começo era minha candidata e eu tive que saber jogar”, conta.

Empolgado com a diversidade que o programa mostrou, Carlinhos até descarta a possibilidade dos participantes caírem no ostracismo, como aconteceu com grande parte dos vencedores de realities musicais no país. “Todos ganharam no ‘The Voice’. O que precisam é da manutenção e que a produção não se afaste deles. A música precisa de diversidade e esse programa trouxe isso. Quando a árvore é frutífera e se depara em algo como o ‘The Voice’, aí todos desfrutam”, declara.

O sucesso de audiência do programa também mudou a rotina de Daniel (44), que se abdicou de alguns projetos para se dedicar exclusivamente ao reality, e se sente feliz pela experiência. “Hoje ninguém pergunta se eu estou bem, perguntam do ‘The Voice’. O que fico mais contente é saber que a música como um todo tem seu espaço, porque havia tempo que não víamos algo assim na televisão. Os candidatos têm uma grande responsabilidade nas mãos porque são as referências de amanhã”, conta. 

Lulu Santos (59) diz que a vitória de Ellen cumpriu o que ele previa desde o começo. “Na primeira reunião que eu tive eu falei que o programa era da Ellen. Eu sempre soube”, afirma o cantor, que agora irá tirar férias, mas antes quer gravar um novo álbum. “Vou para um SPA! Mas viagem de férias só em abril. Vou primeiro descansar daqui, o que consome muito. Vou descansar gravando um disco”, revela.

Quem está longe de tirar férias é o apresentador Tiago Leifert (32), que agora vai voltar para o mundo do esporte. Mas ele já pensa na segunda temporada do programa, que deve estrear em julho de 2013. “A gente vai ter mais oferta de vozes incríveis. Viram que é um formato que respeita os artistas e tenho certeza que a próxima edição virá ainda mais forte”, fala.

Leia mais:

‘Ser cantora é uma estrada complexa’, diz Ellen Oléria, vencedora do 'The Voice Brasil'
Saiba como se inscrever para a segunda temporada do ‘The Voice Brasil’
Famosos repercutem a final do ‘The Voice Brasil’ nas redes sociais