Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Junior Lima sobre a nova relação com Sandy: “Eu ganhei uma irmã”

Felipe Pinheiro Publicado em 26/01/2012, às 01h23 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Junior Lima - o eterno músico - Vagner Campos
Junior Lima - o eterno músico - Vagner Campos

Feliz e disposto a encarar novos desafios, Junior Lima (27) se encontrou profissionalmente na música eletrônica. No entanto, foi como segunda voz de SandyLeah(28) que ele conquistou a fama logo quando era criança. No camarim do estúdio do hairstylistMichel Vidal (32), em São Paulo, onde se apresentou com o trio Dexterz na noite desta quarta-feira, 25, o músico falou em entrevista exclusiva para a CARAS Online sobre a nova relação com a irmã após o rompimento da dupla, há quatro anos.

“Sabe aquela coisa do encontro familiar, do 'almoço aos domingos'? Só não rola esse almoço porque estamos sempre viajando aos domingos, mas durante a semana aproveitamos para nos encontrar. Nos distanciamos em relação a quantidade de tempo que ficávamos próximos, pois viajávamos e morávamos juntos, mas ganhamos em qualidade. Agora toda a vez que nos vemos é muito gostoso, incrível, é sempre um momento ótimo”, afirmou Júnior. “Eu ganhei uma irmã e ela ganhou um irmão com o fim da dupla”, avaliou.

Ao lado de Julio Torres (33) e Amon Lima (34), Junior tem algumas metas para este ano. Além de “tocar muito” e lançar novas músicas, ele conta que se apresentar no exterior também está nos planos. “É uma coisa que está acontecendo bem despretensiosamente porque o nosso foco realmente é o Brasil, que já é grande demais e é um mercado incrível”, garantiu.

Disposto a ganhar cada vez mais admiradores no País, o Dexterz pretende ser uma alternativa para quem quer curtir o Carnaval sem cair no samba. A apresentação será no Rio Music Conference, o mais importante evento de música eletrônica do Brasil. “É diferente ter uma cosia tão especial no Carnaval e no Rio. É a segunda vez que vamos participar”, disse Amon animado.

Demonstrando bastante empolgação, os meninos do Dexterz seguem cada vez mais desafiados com o som mesclado entre bateria, violino e as batidas eletrônicas. Mas para quem ainda tem a esperança de ver Sandy num mesmo palco, ou ao menos uma pequena participação em uma música, Junior diz que por enquanto não existem planos. “Os trabalhos estão bem separados”, definiu. “Sinto falta de algumas coisas da época de Sandy & Junior, mas também me preenchi de outra forma com a música. Estou muito contente com o meu trabalho hoje em dia”, destacou.

Veja o vídeo da TV CARAS com Junior Lima e a banda Dexterz: