Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Juliana Paes brilha no Criança Esperança

A atriz Juliana Paes chegou sob um elefante e dançou no palco da atração

Redação Publicado em 23/08/2009, às 06h55 - Atualizado às 14h55

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Juliana Paes - Divulgação
Juliana Paes - Divulgação
Deslumbrante e vestida de indiana, a atriz Juliana Paes encantou a todos que assistiram o Criança Esperança na noite deste sábado, 22, ao dançar a música Beedi Jalaile, tema de abertura da novela Caminho das Índias, na Globo. A artista, que interpreta Maya na trama, entrou no palco sob um elefante e mostrou um pouco da cultura e modo de vida dos indianos. No início do programa, que este ano celebra a diversidade cultural no Brasil, a abertura ficou por conta da orquestra sinfônica jovem com a versão da música O Trenzinho do Caipira, de Heitor Villa-Lobos. Renato Aragão foi o primeiro a entrar no palco do Criança Esperança a bordo de uma locomotiva. Ao dar as boas vindas ao público presente, o artista pediu mais solidariedade ao povo brasileiro. "Eu tenho um sonho, e acredito sim que sempre há um momento para demonstrar solidariedade", afirmou. Após sua rápida participação, o casal Luciano Huck e Angélica apresentaram juntos as atrações que marcaram o primeiro dia do evento. "Está começando uma viagem de alegria e de festa", disse ela. O primeiro a subir ao palco foi Milton Nascimento, que cantou Maria Solidária com algumas crianças e iniciou as apresentações da noite. Junior Lima e sua banda, Nove Mil Anjos, se juntaram aos grupos do Fresno e Strike para dar seqüência aos shows com a canção All You Need is Love, dos Beatles. Vestida de bailarina, Sandy contagiou o público ao interpretar a música A Ciranda da Bailarina, de Chico Buarque e Edu Lobo, para as bailarinas comandadas pela atriz Ana Botafogo. Ao fim da apresentação, a dupla de atores Henri Castelli e Eri Johnson anunciaram os jogadores Bebeto, Cafu e Pelé, que comentaram seus projetos e como agem em prol da criança brasileira. Sempre muito alegre, Susana Vieira conversou com o público e mostrou alguns dos projetos feitos pelo Criança Esperança. Na seqüência foi à vez da cantora Ana Carolina se apresentar na arena. A dupla sertaneja Victor e Léo também agitou o público presente. Marcando sua volta na televisão, o ator Fábio Assunção participou de um dos vídeos da atração ao se passar por um ecologista e mostrar um dos projetos do Criança Esperança. Parte do elenco do programa humorístico Zorra Total também se apresentou na arena, entre eles estavam Fabiana Karla, Katiuscia Canoro, Nelson Freitas, Leandro Hassum e Samantha Schmütz. Zezé Di Camargo e Luciano cantaram e animaram o público ao lado de crianças mudas que fazem parte de um dos projetos do Criança Esperança. Tony Ramos e Stênio Garcia recitaram poemas e pediram a ajuda do povo brasileiro com doações em prol da causa. Uma das últimas apresentações da noite ficou por conta da banda Calcinha Preta. O grupo tocou a famosa música Você Não Vale Nada Mas Eu Gosto De Você para delírio da plateia. Roberta Sá, Maria Rita e Diogo Nogueira também cantaram na arena multiuso montada no Rio de Janeiro. A baiana Claudia Leitte prestou grande homenagem ao cantor Luiz Gonzaga morto há 20 anos e cantou Asa Branca vestida de cangaceira no palco. Arlindo Cruz foi o último a se apresentar no palco do programa e cantou Samba da Globalização, ao lado de Hélio de la Peña e Mu Chebabi . O show deste ano foi dirigido pela primeira vez por Wolf Maya, com cenário inspirado na obra do pintor mineiro Alberto Guignard.