Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

José Mayer apresenta nova peça em São Paulo e revela: ‘É difícil ser galã’

José Mayer falou sobre a fama de galã, a nova geração de atores e de seus 37 anos de casamento durante coletiva do musical 'Um Violinista no Telhado', que estreia dia 16 de março em São Paulo

Redação Publicado em 02/03/2012, às 17h03 - Atualizado às 17h23

José Mayer durante coletiva do musical 'Um Violinista no Telhado' - Orlando Oliveira /AgNews
José Mayer durante coletiva do musical 'Um Violinista no Telhado' - Orlando Oliveira /AgNews

José Mayer(62)abandonou o visual galã para viver o protagonista do musical Um Violinista no Telhadocom cabelos longos e barba, que aproveitou para seu personagem Pereirinha, em Fina Estampa. Durante a coletiva de imprensa para apresentar a peça que estreia em São Paulo no dia 16 de março, depois de uma temporada no Rio de Janeiro, o ator falou sobre a mudança na aparência. “Fui galã até pouco tempo, mas cheguei no meu limite. Essa coisa de ser galã não existe mais, essa fama é residual. É difícil ser galã, não há nada mais bege que ser galã. Os galãs são personagens planos, sem grandes variações".

Para ele, depois de uma certa idade, ser galã é ter carisma, como é o caso dos grandes de sua geração, Tony Ramos (63) e Antonio Fagundes (62).  “Eles são considerados galãs pela capacidade de atrair a atenção pelo carisma. Carisma é uma espécie de formação para ser ator”, disse. Ele também fez uma crítica à nova geração de atores. “Hoje em dia, falta aprofundamento e formação nos atores da atualidade em geral”.

Mayer ainda falou sobre sua relação com a também atriz Vera Fajardo (59)que, em meio à loucura dos casamentos-relâmpago das celebridades, já dura 41 anos e completou 37 anos de casamento. “A minha vida artística é camaleônica e minha vida pessoal é monotemática. Sou mais ligado à tradição que à renovação. Na nossa carreira, a gente tem várias parceiras, as características são mutantes, mas na vida pessoal prefiro manter a linearidade".

Juntos, o casal tem a filha Júlia Fajardo (27), que contracena com o pai no musical pela primeira vez na temporada de São Paulo.