Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

João Doria Jr.: menos linha dura que Justus

O empresário e apresentador João Doria Jr., que passa a substituir Roberto Justus no comando de 'O Aprendiz', conta como será sua postura na atração

<i>por Aline Cebalos</i> <br> <br> Publicado em 18/08/2009, às 13h38 - Atualizado em 19/08/2009, às 10h28

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
João Doria Jr. - João Passos/ Brasil Fotopress e Samuel Chaves/ S4 Photo Press
João Doria Jr. - João Passos/ Brasil Fotopress e Samuel Chaves/ S4 Photo Press
João Doria Jr. terá uma nova missão a partir do ano que vem. O empresário e apresentador foi o escolhido para substituir Roberto Justus no comando do reality show O Aprendiz, na Record. Feliz com o novo desafio, Doria garante que não será tão durão como o amigo Justus. "Prefiro sempre orientar a criticar, cativar, ao invés de chocar", garante o apresentador, que continuará à frente do Show Business, sua outra atração, na Band. - Como é estar à frente de O Aprendiz? - É um desafio que vou realizar, principalmente pela enorme audiência que o programa tem e o nível de influência que exerce nas pessoas. É um desafio novo e instigador para mim, um empresário e jornalista, que há 23 anos atua como entrevistador. É especial vivenciar a experiência televisiva num reality show. - Era um sonho antigo? - Não... E quando recebi a proposta, refleti bastante. Aliás, como sempre faço. Ponderei à Record que não gostaria de deixar o programa Show Business na Band. Eles concordaram. É um fato inédito na televisão aberta brasileira. Não há conflito. São programas diferentes na forma, conteúdo e nos seus anunciantes. - Como é sua relação com Roberto Justus? São amigos? - Sim, temos uma relação fraterna há 20 anos. Conversamos e ele me desejou boa sorte. Roberto cumpriu com muita eficiência e talento seu trabalho. Agora o programa segue para uma nova fase, uma nova etapa de vida. A Record sabe fazer bem feito. Tem dado exemplos de excelência. A equipe de produção e direção é de gente competente. - Como será para você substituí-lo? - Acredito que são ciclos. Justus apresentou seis edições do programa com muita competência. Agora começará um novo e vigoroso ciclo. Também será um sucesso. - Vai seguir a mesma linha de durão que Justus seguia? - Eu lidero pelo exemplo, pelo ensinamento. Prefiro sempre orientar a criticar, cativar, ao invés de chocar. Gosto de valorizar a competência das pessoas. Sou assim na vida real e serei assim no Aprendiz. - Como consegue conciliar tantas atribuições? - Com muito empenho, dedicação e disciplina. Gosto de trabalhar e me apaixono por aquilo que faço. Não deixarei de ser empresário e nem jornalista. Manterei todas as atividades. - O que você tem a dizer sobre as denúncias que a Rede Globo tem feito à Record? - Não devo me pronunciar sobre isso. Mas posso afirmar que não há vencedor numa guerra deste tipo.